book_icon

Arthur Igreja entra para o seleto grupo de palestrantes do Rock in Rio Academy

Arthur Igreja entra para o seleto grupo de palestrantes do Rock in Rio Academy

Com o lema “por um mundo melhor” e impactando milhões de pessoas, o Rock in Rio começou, em 2015, uma verdadeira guinada com o “Rock in Rio Academy”, que é um ciclo de formação em inovação e gestão que usa o próprio festival como live case. Na próxima edição, que acontece em 27 de junho em Lisboa, Portugal, o fechado time de palestrantes contará com a participação de Arthur Igreja, um dos especialistas em tecnologia e inovação mais renomados do Brasil.

A proposta é ousada. Enquanto as dezenas de shows colocam fãs e artistas frente a frente, o Academy reúne executivos para detalhar e discutir o evento como negócio. Arthur Igreja, no entanto, é um dos poucos convidados que não fazem parte da organização, que entre staff, produção, fornecedores, equipes de artistas e patrocinadores conta com o apoio de mais de 9 mil pessoas. “É fantástico observar como este movimento leva o Rock in Rio para além da música, transmitindo conhecimento que pode ser aplicado em outras ações de entretenimento e inspirar profissionais e empreendedores”, comenta o especialista.

O Rock in Rio Lisboa, marcado para os dias 23,24, 29 e 30 de junho, é o melhor exemplo desta ampliação de conceito de experiência, conectando locais, ações turísticas e gastronômicas. “Isso vai muito em linha com o que vem acontecendo com outras empresas como o Airbnb, que, com um modelo semelhante, teve a grande revolução após o serviço de hospedagem”, lembra Igreja.

Além da participação no Academy, o especialista também será um dos avaliadores da Innovation Week, uma semana de atividades e apresentações que reunirá centenas de profissionais, artistas e empreendedores para reflexão sobre como usar criatividade e inovação por um mundo exponencialmente melhor.

“O Rock in Rio começa a se abrir para startups que vão revolucionar o ramo do entretenimento. O movimento de inovação que a gente observa nas empresas é o que o próprio festival precisa passar. E não só isso. O evento também vai falar de games, youtubers e de influência digital, conectando-se a outras formas de entretenimento e a essa realidade de inovação aberta com o festival como pano de fundo” conclui Igreja.

Este movimento já está acontecendo e fica ainda mais claro nesta edição, que acontece pouco tempo depois do anúncio de compra de uma participação majoritária do festival pela gigante norte-americana Live Nation. No entanto, o fundador do Rock in Rio, Roberto Medina, continuará com um papel fundamental na organização e realização do evento. “A parceria vai gerar uma série de sinergias que permitirão atingir ambições ainda maiores”, disse em nota oficial.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento