book_icon

Indústria alavanca controle e agilidade com BI

O Grupo Martiplast, que fabrica em torno de 600 produtos e comporta as marcas Ou e Yoy, alcançou resultados como controle de inadimplência, de verbas contratuais e de mercadorias a receber, além de maior estreitamento entre o faturamento obtido X a meta estipulada, gestão da capacidade de expedição, gerenciamento de fornecedores, entre vários outros, com a adoção do BIMachine, software de Business Intelligence no formato Self-Service.

Conforme o gerente Administrativo Financeiro da Martiplast, Daniel Pescador, a adoção do BI iniciou pelo Comercial e Contabilidade. “Deu tão certo que expandimos as análises do BI para todas as áreas da empresa”, comenta o gestor.

No projeto, a SOL7, consultoria de TI especializada em Business Intelligence, atuou junto com a TI da Martiplast, realizando, além da implantação do BIMachine, sua integração ao ERP Cigam utilizado pela companhia.

“Com o BI, hoje nossos colaboradores não perdem tempo fazendo relatórios, isso fica com a ferramenta. Eles fazem análises, que realmente impactam as decisões e ações de negócio”, completou.

Conforme o gerente, antes do BI os funcionários precisavam tirar os dados do ERP, lança-los no Excel, formata-los e enviá-los aos interessados. Estes, então, faziam apontamentos e análises, as devolviam aos analistas, e nestes processos muitas eram as idas e vindas até chegar a uma conclusão que possibilitasse tomar uma decisão ou definir alguma ação.

Com o BI, tudo mudou: a coleta de dados e criação dos dashboards para análise passou a ser automática, e os colaboradores ficaram liberados para somente analisar as informações. Decidir e agir se tornaram processos muito mais ágeis no Grupo.

Os ganhos trazidos motivaram ainda outra expansão da ferramenta: a empresa está em fase de implantação do BIMachine Planning, recurso de planejamento orçamentário da plataforma que agilizará ainda mais um processo na companhia.

“Com o BIMachine, criamos uma cultura de uso das análises e indicadores, e isto foi fundamental para nossa operação. Não vejo mais a empresa sem o BI”, finaliza Pescador.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento