Tecnologia

Como resolver problemas na infraestrutura de rede com realidade aumentada

Localizada em um datacenter ou gabinete de TI, a solução imVision, da CommScope, pode mostrar remotamente onde as portas estão localizadas e como estão conectadas ao local principal

A visão sobre-humana pode ajudar alguém a ser um melhor gerente de TI? Visão de raio X pode melhorar a maneira de administrar sua infraestrutura de cabeamento? Segundo a CommScope, sim. A empresa apresentou recursos de realidade aumentada (RA) com sua solução de gerenciamento de infraestrutura automatizado imVision que permitirão em breve aos clientes que “visualizem” o que está acontecendo em suas redes locais.

Recursos de RA na solução de gerenciamento de infraestrutura imVision, da da CommScope , permite aos clientes visualizarem o que acontece em suas redes locais

A CommScope acredita que há inúmeras vantagens em incorporar realidade aumentada à solução imVision. Como parte de uma recente avaliação de tecnologia, a CommScope colaborou com a Joinpad no desenvolvimento de vários protótipos funcionais de RA com base em casos de uso que normalmente são executados durante tarefas de administração de cabeamento.

As tarefas incluíram a implementação de movimentos/adições/alterações, resolução de problemas de conectividade de cabeamento e o trabalho de manutenção na infraestrutura de cabeamento no teto. Os protótipos de aplicativos, que funcionam em dispositivos móveis e em óculos inteligentes, permitem que os usuários vejam os benefícios da tecnologia RA em primeira mão.

A solução baseada em software imVision já permite que os gerentes de TI monitorem e controlem todos os aspectos de sua infraestrutura de rede, incluindo rastrear uma porta de switch e resolver problemas de conectividade em questão de minutos, o que antes levava horas ou dias. Localizada em um datacenter ou gabinete de TI, a solução imVision pode mostrar remotamente onde as portas estão localizadas e como estão conectadas ao local principal. Porém, mesmo com essas informações, os usuários podem não conseguir ver fisicamente as informações da porta ou a conexão real se elas estiverem no teto ou atrás de paredes.

“O que começou como uma aplicação para jogos e entretenimento entrou agora no mundo dos negócios, e as organizações começam a ver o valor que a RA pode trazer para vários setores”, destaca Sergio Uribe, especialista responsável pela ferramenta imVision, da CommScope, na América Latina e Caribe. “Juntar RA com infraestrutura inteligente para ‘ver’ cabos e conexões atrás de paredes e no teto é apenas o primeiro dos vários usos nos quais acreditamos que nossos clientes verão valor”.

Além disso, existem várias aplicações práticas para a RA. Segundo dados do Gartner que fazem parte do relatório Top 10 Strategic Technology Trends for 2018, 40% das organizações que usam ou testam essa tecnologia descobrem que ela vai além das suas expectativas. A CommScope continuará trabalhando com os clientes para identificar outras formas de usar a RA para ajudar a gerenciar a infraestrutura física de maneira eficiente e eficaz.