Tecnologia

Hackathon premia ideias inovadoras com bitcoins

Com uso da plataforma Shawee, Banco Original estimula criação de soluções com inteligência artificial utilizando Open Banking

Em um ano no qual as grandes corporações têm investido fortemente em hackathons como ferramenta para trazer inovação e mudança de mindset, o Banco Original, instituição que nasceu 100% digital, oferece o maior prêmio já praticado no Brasil em um hackathon e com uma particularidade: ele será pago com a criptomoeda mais valiosa, o bitcoin. Com atual crescimento – a cotação histórica chegou a mais de US$ 10 mil dólares –, o prêmio já está próximo dos US$ 40 mil.

Os participantes terão três minutos para defender seus projetos durante as 30 horas de trabalho e criação em equipe

O Banco conta com a startup Shawee – plataforma de educação corporativa e mudança de mindset – para o desafio de organizar o hackathon. Curadoria e seleção foram realizadas através da plataforma e 80 pessoas foram selecionadas de um total de mais de 450 inscritos. Essa, porém, é só uma das funcionalidades, pois o suporte da Shawee vai desde a fase inicial de planejamento até o ponto máximo do evento, quando a banca de jurados avalia e decide quem leva o grande prêmio. A plataforma permite que todos os processos sejam realizados de forma digital.

“Após a incrível experiência do hackathon que realizamos na Intervalor, resolvi me inscrever para participar desse desafio. A premiação também é um fator interessante, principalmente porque a escolha pelas bitcoins demonstra uma mudança na relação da moeda com o mercado financeiro”, comentou Phelipe Alvarez, sócio diretor Intervalor Arvato, um dos selecionados para participar do evento.

Os participantes terão três minutos para defender seus projetos durante as 30 horas de trabalho e criação em equipe. Após isso, terão mais dois minutos de feedback com os jurados para tirar possíveis dúvidas sobre o projeto.

“Desde que abriu suas APIs para o mercado, o banco assumiu o protagonismo na nova tendência de serviços, pois permite que os dados financeiros façam parte do dia a dia das pessoas por meio de experiências exclusivas em qualquer interface, e não apenas em aplicativos desenvolvidos pelo banco”, explica Henrique Jozala, head de Inovação do Original.

Rodrigo Terron, sócio fundador da Shawee, destaca que a plataforma criou soluções que transformaram a forma como os hackathons são organizados. “Um evento dessa grandiosidade, com uma premiação importante, como é o do Banco Original, por exemplo, mostra a importância do uso da Shawee, que torna o hackathon um encontro mais profissional, organizado e atrativo para a comunidade de desenvolvedores. É essa sinergia que buscamos”, afirma.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.