book_icon

Maioria dos programas terá Inteligência Artificial incorporada até 2020

Segundo o Gartner, tecnologia deve ser uma das cinco prioridades de investimento para mais de 30% dos CIOs
Maioria dos programas terá Inteligência Artificial incorporada até 2020
inteligência artificial neural

A Inteligência Artificial (IA) já faz parte da maioria das agendas dos executivos de TI e até 2020 deve estar amplamente disseminada. Segundo projeção do Gartner, a maioria dos fornecedores de software estão introduzindo IA em suas estratégias de produtos, o que acelerá este mercado. A estimativa da consultoria é que quase todos os programas terão Inteligência Artificial (IA) nos próximos 3 anos e deve ser uma das cinco prioridades de investimento para mais de 30% dos CIOs.

Embora haja um medo generalizado de que a IA substitua seres humanos, a realidade é que essa tecnologia pode e faz muito para aumentar as capacidades humanas

Em janeiro de 2016, o termo “Inteligência Artificial” não estava entre os 100 mais procurados no site do Gartner. Agora, já ocupa a 7ª posição entre os mais procurados, indicando a popularidade do tópico e interesse dos clientes do Gartner em entender como a Inteligência Artificial pode e deve ser usada como parte de suas estratégias de negócios digitais.

“Conforme a Inteligência Artificial cresce nas pesquisas do Gartner no formato Hype Cycle, mais fornecedores de software ampliam sua participação para essa corrida”, diz Jim Hare, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner.

“A Inteligência Artificial oferece possibilidades empolgantes, mas a maior parte dos fornecedores infelizmente está focada em simplesmente construir e vender um produto baseado em IA, em vez de primeiro identificar necessidades, usos potenciais e valor de negócio para os consumidores”.

A Inteligência Artificial se refere a sistemas que adaptam comportamentos sem serem explicitamente programados, baseados em dados coletados, análises de uso e outras observações. Embora haja um medo generalizado de que a IA substitua seres humanos, a realidade é que essa tecnologia e a de Aprendizado de Máquina hoje podem e fazem muito para aumentar as capacidades humanas. Máquinas podem, uma vez treinadas, fazer algumas coisas de forma melhor e mais rápida do que humanos. A combinação dos dois pode garantir melhores resultados do que quando separados.

“Fornecedores de software precisam focar em oferecer soluções para problemas de negócios em vez de apenas tecnologia de ponta”, diz Hare. “Destaque como sua solução de IA ajuda a compensar a falta de habilidades e como ela pode gerar valor mais rápido do que uma solução customizada de IA feita dentro da empresa”.

Gartner

Inteligência Artificial

Machine Learning

mercado

TI

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento