book_icon

CIO que não entender a estratégica do negócio está fadado a desaparecer

Segundo Marcos Villas, da RSI Redes, PMEs brasileiras estão ainda em fase inicial de maturidade do departamento de TI
CIO que não entender a estratégica do negócio está fadado a desaparecer

O lado estratégico da TI ainda é percebido somente por empresas de grande porte e as pequenas e médias ainda não dão a devida atenção, estando longe de atingir a maturidade na adoção de TI nas suas operações. A opinião é de Marcos Villas, sócio- fundador da RSI Redes, que pontua ainda que em função da transformação digital o papel do CIO, hoje ainda operacional, em breve será técnico. “A maturidade da adoção de TI determinará em breve que o CIO que não entender a estratégica do negócio está fadado a desaparecer”.

A RSI Redes mira aumentar a participação das pequenas e médias empresas na sua base de clientes

Segundo Villas, no Brasil a maioria das empresas médias e pequenas hoje não levam em consideração a gestão de risco nos projetos de TI que implantam. Para contribuir com esse gap dos departamentos de tecnologia, a RSI lançou recentemente o GeRis, solução de gestão de riscos, baseada na tecnologia de cloud computing, que permite às organizações identificar, analisar, avaliar, monitorar e gerenciar riscos por meio de um software integrado. Comercializada no modelo SaaS (Software as a Service), a oferta abre novas frentes no setor de PME para a RSI.

A RSI Redes é uma empresa que oferece serviços e tecnologias customizados para gestão de negócios. Com uma carteira composta por mais de 50 clientes e 150 projetos implantados em diversos setores, a RSI Redes atua no desenvolvimento de soluções com TI e em consultoria organizacional. Assim, hoje com a sua carteira de clientes formada na maioria por grandes empresas e governo, a RSI mira aumentar a participação das pequenas e médias empresas na sua base de clientes.

Embora tenha a maior parte de sua atuação (90%) voltada a oferta de soluções composta por software, método e capacitação; a empresa ainda possui uma parte da operação voltada a consultoria, oferta que fundou a RSI Redes em 1994. Por isso, lançou uma consultoria voltada para auxiliar as empresas no planejamento de adoção de tecnologias da Indústria 4.0.

A metodologia desenvolvida pela empresa identifica quais problemas serão solucionados, com que tecnologias e sistemas, qual o custo e quais serão os resultados esperados, ou seja, apresenta uma visão holística de planejamento com a identificação clara dos problemas e iniciativas para resolvê-los. A partir daí, a RSI indica os fornecedores necessários para a implementação. “O objetivo é desmistificar essa indústria”, ressalta.

Desde 2015, Villas definiu a estratégia de lançar um produto por ano. Para este semestre, o executivo pontua que pretende trabalhar na oferta dos GeRis e na consultoria para indústria 4.0, mas deve lançar também um módulo de gestão de risco para o departamento de RH. Planos futuros de Villas incluem um software com recursos de Inteligência Artificial para apoio a decisões.

CIO

consultoria

gestão de riscos

indústria 4.0

RSI Redes

SaaS

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento