Mercado

Dedalus Prime e Exceda fecham acordo para oferta conjunta

Objetivo atender à demanda de mercado por soluções completas de CDN, segurança, IaaS e gestão de ambiente

Com o objetivo de evoluir seus posicionamentos nos respectivos mercados de atuação e por entender que a maturidade do uso corporativo de nuvem requer portfólio de produtos mais abrangente, a Dedalus Prime e a Exceda unem suas ofertas de Cloud, Edge e Serviços Gerenciados. A expectativa de faturamento combinado é de cerca de R$ 300 milhões nos próximos 12 meses.

As empresas mantêm suas estruturas individuais, porém alinham seus processos para atender a um novo tipo de demanda e otimizar seus resultados

A iniciativa traz ao mercado a experiência combinada das empresas líderes em gestão de ambientes complexos em Cloud da América Latina, com tecnologias da Akamai, pela Exceda, e da AWS e Microsoft Azure, pela Dedalus Prime. Especializadas na gestão do backend e frontend de ambientes Cloud, as duas empresas unem suas competências para criar soluções integradas, que levam mais eficiência ao mercado.

“Unir as ofertas de Exceda e Dedalus Prime significa um benefício enorme para ao mercado que, agora, pode contar com uma solução concebida, implementada e sustentada pelo melhor conhecimento de ambas as empresas. Isso significa entregar o que há de melhor referente à performance, segurança, escalabilidade e custo em Cloud”, enfatiza Maurício Fernandes, presidente da Dedalus Prime.

Ainda de acordo com o executivo, foi identificado o momento de evoluir a entrega. “A Exceda tem um posicionamento muito próximo do que fazemos e complementa a Dedalus de maneira natural. Vimos que há benefícios óbvios em unir as ofertas”, completa. As empresas mantêm suas estruturas individuais, porém alinham seus processos para atender a um novo tipo de demanda e otimizar seus resultados. Juntas, as companhias compõem uma carteira de cerca de 2 mil clientes com faturamento estimado, nos próximos 12 meses, em torno de R$ 300 milhões.

“O mix de serviços de Exceda e Dedalus é perfeito para promover a união dos nossos esforços em prol de uma entrega mais ampla e completa no mercado de TI e, consequentemente, um crescimento mais rápido das duas empresas”, destaca Claudio Marinho, CEO da Exceda. Segundo Marinho, a iniciativa deve levar ao aumento de market share pela ampliação do portfólio. “É a união das ofertas de duas empresas que são líderes em suas respetivas posições no segmento. Estamos otimistas”, comenta.

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.