book_icon

Spreadtrum lança na América Latina o chip que melhora a experiência do usuário com smartphones

Spreadtrum lança na América Latina o chip que melhora a experiência do usuário com smartphones

Novo chipset atende aos requisitos dos mais recentes dispositivos oferecendo uma experiência aprimorada aos usuários
São Paulo, Brasil, 30 de maio de 2017 – A Spreadtrum Communications (“Spreadtrum”), empresa de semicondutores sem fábrica líder em tecnologia avançada nos padrões de comunicações 2G, 3G e 4G wireless, lançou o seu chipset LTE SC9861E-IA na América Latina, que já havia sido apresentado no Mobile World Congress de Barcelona em fevereiro deste ano.
Criado com o avançado processo de 14nm da Intel, o Spreadtrum SC9861E-IA habilita a computação de alto desempenho, que ajuda a suportar diversos recursos de diferentes smartphones de primeira linha.
Voltado para o mercado mundial de smartphones de alto e médio porte, o novo chipset permite taxas máximas de dados entre 100 Mbps e 300 Mbps nos processos de uplink e downlink.
Ao mesmo tempo, este chipset também foi projetado para suportar configurações multimídia de alta qualidade, como duas câmeras que podem estar na parte frontal e dianteira do dispositivo, com funções de ajuste do foco. Além disso, oferece capacidade de suporte para gravação e reprodução de vídeos 4K2K ultra-HD, com tecnologia de codificação e decodificação HEVC. Ele também suporta telas de alta resolução e AMOLED. Além do alto desempenho do sistema, o SC9861E-IA suporta um carregamento rápido do dispositivo para oferecer uma melhor experiência e mais diversão para o usuário.
“Na Spreadtrum, estamos comprometidos com a inovação e o desenvolvimento para melhorar cada vez mais a experiência do usuário com os smartphones. O desempenho eficiente do dispositivo dá aos nossos clientes mais possibilidades na hora de escolher diferentes produtos. Para o futuro, a Spreadtrum planeja continuar inovando e criando mais produtos e serviços de primeira linha”, comenta Dr. Leo Li, Presidente e CEO da Spreadtrum.
Por isso, a arquitetura Airmont da Intel, incluída no chipset, usa a mesma tecnologia de virtualização do fabricante para suportar um sistema de segurança multidomínio, a fim de fornecer uma maior segurança móvel. Vale ressaltar que ele possui um design de gerenciamento do consumo de energia muito diferente, permitindo um maior tempo de uso aos usuários e assim, uma experiência mais completa.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento