Canal de Distribuição

SAS aposta em RaaS e canais para expandir atuação no Brasil

Depois de crescer vertiginosamente o número de parceiros, empresa mira aumentar atuação em indústrias

O ano de 2016 trouxe novos ares para a SAS. A empresa especializada em soluções de Analytics fortaleceu a atuação no setor público e chegou bem perto da meta de receita definida para o canal de distribuição, estratégia traçada para expandir a atuação em território brasileiro. Tradicionalmente conhecida por atender grandes empresas, a companhia segue em 2017 o plano de expansão local geográfico e vertical e aposta no modelo Result as a Service para incrementar as oportunidades de negócios.

Em 2016, os canais foram responsáveis por 25% da receita no Brasil

Neste ano o objetivo, segundo a gerente de Canais e Alianças da SAS no Brasil, Daniela Fontolan, é crescer em multi-indústrias além de seguradoras, bancos e governo – setores que a SAS está consolidada. Na esfera pública, a empresa teve sucesso com a sua solução de análise de risco.

A base para o sucesso do plano estratégico é o modelo de vendas indireto, que atualmente conta com 73 parceiros (em 2015 eram 9). Daniela quer aumentar ainda mais a participação deles no faturamento da empresa. Sem revelar valores, ela conta que, em 2016, eles foram responsáveis por 25% da receita no Brasil. O percentual ficou bem próximo da meta ambiciosa traçada por Conrado Leister, presidente do SAS na América Latina e no Caribe. Saltar de 10% em 2015 para 30% em 2016.

Daniela Fontolan, gerente de Canais e Alianças da SAS no Brasil

Há 20 anos no Brasil, a SAS tem como foco a atuação em analytics e cloud. A meta de aumentar a presença em novos setores verticais além dos que a empresa atua terá como plano de ação a certificação do canal. “Vendemos para as áreas de negócios. Vamos treina-los, mas contamos muito com o conhecimento que a revenda tem nas verticais que atua”, destaca Daniela. Segundo ela, para que o parceiro fique alinhado ao discurso da companhia, a SAS faz um processo de Shadowing, no qual os canais vivenciam um tempo com a equipe de pré-vendas para vivenciar as soluções.

Para 2017 a empresa aposta em duas frentes: expandir a atuação no setor corporativo e massificar a oferta do modelo SAS Results as a Service (RaaS) no mercado brasileiro. Integrante do pacote SAS Cloud Analytics, o modelo RaaS permite que as empresas obtenham soluções mais ágeis para suas necessidades de negócios, por meio da plataforma de análise da SAS, mas sem a necessidade de fazer investimentos em software, hardware ou em mão de obra especializada.

“Trata-se de fornecer a infraestrutura mastigada e analisada para o cliente”, explica a executiva. A solução no modelo RaaS é capaz de se adequar a qualquer tipo de demanda do cliente, sob o ponto de vista comercial, proporcionando insights proativos que garantam o retorno sobre o investimento e, entre as diversas possibilidades, gerem previsões, definição de perfil, retenção e segmentação de clientes, modelos de resposta, lucro e prevenção contra fraudes.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.