Mercado

Logitech reforça investimento no Brasil com operação local de importação

Fabricante suíça até então importava os produtos comercializados no País do centro de distribuição da América Latina

Deposit

Com o objetivo de facilitar o processo logístico em território nacional, a Logitech, fabricante especializada em acessórios para computadores, inicia operações próprias de importação e distribuição no País. Até então, os produtos da companhia chegavam ao Brasil importados do centro de distribuição da América Latina, que atende diversos países. Essa nova operação reforça os investimentos que a empresa tem feito no Brasil, aponta a companhia.

“Com esses novos investimentos, nosso objetivo é continuar com crescimento acima de dois dígitos para 2017”, Jairo Rozenblit

Segundo o presidente da Logitech no Brasil, no último ano fiscal, mesmo enfrentando um momento econômico turbulento, o faturamento da empresa cresceu 28% no mercado local. “Com esses novos investimentos, nosso objetivo é continuar com crescimento acima de dois dígitos para 2017”, explica Jairo Rozenblit, presidente da.

Além de agilizar o processo logístico de distribuição dos produtos no Brasil, a companhia acredita que a mudança deve gerar mais segurança e oferecer mais controle na disponibilidade de produtos aos distribuidores e revendedores nacionais.

“Ao assumirmos a responsabilidade de importar os produtos Logitech, damos aos distribuidores brasileiros, e consequentemente aos nossos consumidores, a chance de ter acesso mais rápido aos lançamentos da marca”, ressalta o executivo.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.