Destaque Gestão

Saiba como funciona o preço da Nuvem

A premissa básica é que o cliente paga quanto usa, mas é preciso cuidados para não estourar o orçamento

De acordo com uma pesquisa realizada pela Pepperdata com 750 profissionais de TI de vários setores, 64% disseram que a maior preocupação com a Nuvem é o gerenciamento e contenção de custos. E os custos também são a grande dúvida para quem está avaliando adotar essa tecnologia. Jeremy Winter, diretor do Microsoft Azure, explicou no blog da companhia como funciona o preço da Nuvem e tirou as principais dúvidas dos clientes.

Segundo ele, o faturamento do serviço está vinculado à computação e armazenamento, que inclui as taxas de licenciamento de software subjacentes. Os custos são acumulados por meio de um modelo de pagamento vinculado ao consumo versus a infraestrutura de servidor inicial, além dos custos de licenciamento de software que o cliente normalmente pagaria em seu data center. Se ele executar as cargas de trabalho no local (on-premise), terá uma combinação de custos iniciais e despesas operacionais. Ao migrar para a Nuvem, o modelo é diferente, baseado no pague conforme consome, o que resulta em um modelo de despesas operacionais.

Da mesma forma que uma pessoas escolhe e separa o que vai levar quando muda de casa, na migração para a Nuvem o cliente deve decidir quais cargas de trabalho não são mais necessárias e podem ser desligadas

Winter salienta que a primeira coisa a notar é que a Nuvem é infinitamente flexível, não é “tamanho único”. Como o cliente literalmente paga pelo o que consome, para obter o melhor preço é necessário considerar como consumirá os recursos para suas cargas de trabalho específicas. Em seguida, se estabelece os modelos de custo fixo e variável para maximizar o investimento. “E esses modelos se complementam. Você pode sobrepor seus recursos variáveis ​​para suas atividades sazonais ou baseadas em demanda em que a computação elástica faz sentido e onde você pode consumir sob demanda ou automatizar em relação a limites de capacidade específicos”, explicou o executivo.

Vantagens

Conhecer suas cargas de trabalho é fundamental. Quando no local, a arquitetura normalmente é provisionada para capacidade de pico. Mudança do local para a Nuvem tem a vantagem de poder aumentar ou diminuir a capacidade e aproveitar ao máximo os benefícios da plataforma. Portanto, é importante conhecer suas cargas de trabalho e compreender as principais arquiteturas para obter eficiência máxima. “O Azure permite eliminar a capacidade ociosa destinada a cobrir o crescimento futuro das cargas de trabalho. Ações como redimensionar ou eliminar cargas de trabalho desnecessárias podem ajudá-lo a reduzir sua capacidade ociosa ao mudar para a Nuvem”, explicou Winter. “A premissa geral e a principal vantagem da Nuvem com a qual você provavelmente está mais familiarizado é o poder que ela oferece de escalonar elasticamente os recursos de computação em resposta a diferentes picos em seus negócios. Isso é ótimo para cargas de trabalho imprevisíveis, em que você pode adicionar e subtrair recursos conforme necessário, resultando em custos variáveis. Tirar proveito de ferramentas e ações, como conjuntos de dimensionamento de máquina virtual e adiamento, pode ajudá-lo a pagar apenas pelos recursos necessários”, completou.

Segundo Winter, da mesma forma que uma pessoas escolhe e separa o que vai levar quando muda de casa, na migração para a Nuvem o cliente deve decidir quais cargas de trabalho não são mais necessárias e podem ser desligadas. Isso pode ajudar a construir modelos de negócios mais sólidos e mostrar um impacto imediato no orçamento. Para cargas de trabalho ainda necessárias, considere o que pode ser feito para otimizar esses recursos e horas operacionais, aproveitando ferramentas como o Azure Migrate.

Ofertas

No caso do Azure, Winter lista algumas ofertas que ajudam a reduzir os custos dos serviços. Plataformas concorrentes também oferecem ofertas similares.

Benefício híbrido do Azure: um benefício de licenciamento que ajuda a reduzir significativamente os custos de execução das cargas de trabalho. Ele funciona permitindo o uso de licenças do Windows Server e do SQL Server habilitadas para Software Assurance no Azure. E agora, esse benefício se aplica às assinaturas RedHat e Suse Linux também.

Spot Virtual Machines: obtenha grandes descontos para cargas de trabalho interruptíveis que não precisam ser concluídas dentro de um período de tempo específico, como cenários de computação de alto desempenho, trabalhos de processamento em lote ou aplicativos de renderização visual, ambientes de desenvolvimento e teste, incluindo integração contínua e entrega contínua cargas de trabalho ou aplicativos sem estado em grande escala.

Reservas: receba um desconto reservando os recursos com antecedência, o que permite ser mais eficiente. Em troca, as economias são repassadas para o cliente como descontos de até 72%.

Preços de desenvolvimento e teste do Azure: obtenha taxas com desconto para o desenvolvimento e teste em andamento, incluindo nenhuma cobrança de software Microsoft nas máquinas virtuais do Azure e preços especiais de desenvolvimento e teste em outros serviços.

Atualizações de segurança estendidas: há várias opções para continuar o suporte para SQL Server 2008 e SQL Server 2008 R2 que alcançaram o fim de seu ciclo de vida de suporte (EOS). O cliente pode migrar suas instâncias locais do SQL Server para Máquinas Virtuais do Azure, Banco de Dados SQL do Azure ou permanecer no local e comprar atualizações de segurança estendidas. Ao contrário de ficar no local, o cliente receberá patches de segurança estendidos gratuitos migrando para uma Máquina Virtual do Azure.

Serviço
azure.microsoft.com

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos