Gestão

Rastreabilidade é destaque em solução para OEMs

O sistema permite, ainda, a rastreabilidade tanto legal quanto técnica, bem como a rápida identificação dos equipamentos da planta

Empresas OEMs fornecedoras de equipamentos para indústrias dos ramos farmacêutico, alimentos e biotecnologia comumente enfrentam o desafio da rastreabilidade. Isso porque parte dessas companhias fornece conjuntos integrados de equipamentos, chamados “skids”, que permitem a seus clientes do ramo industrial simplificar as operações. Mas rastrear lotes de produto que saem de cada máquina pode não ser tão simples.

Agora, chega ao mercado uma solução desenvolvida pela GEMÜ Válvulas: Sistemas de Medição e Controle, chamado de Sistema Conexo. Com ele, é possível utilizar tags de RFID nas diferentes partes integrantes do skid, que reúnem todas as informações a respeito de cada equipamento.

Além dos chips presentes nas tags, o Sistema Conexo utiliza um leitor de RFID (caneta), que permite a realização da leitura e identificação de dispositivos, equipamentos e componentes em campo  

Além dos chips presentes nas tags, o Sistema Conexo utiliza um leitor de RFID (caneta), que permite a realização da leitura e identificação de dispositivos, equipamentos e componentes em campo. O portal Conexo pode ser integrado à rede ou usado como uma solução independente, podendo também ser utilizado na forma de gerenciamento em nuvem, disponível nas opções Full e Lite.

“Com o Sistema Conexo, para fazer a leitura desses dados basta aproximar a caneta equipada com sensor de radiofrequência (RFID) ao chip do equipamento. O software, disponível para tablets e smartphones com sistemas operacionais Android e iOS, permite o fácil registro de dados e a utilização em trânsito pela fábrica. A informação é armazenada em nuvem, com protocolos de segurança, de forma a guardar o histórico de manutenção e documentação do produto, bem como suas licenças”, explica o engenheiro de projetos da GEMÜ, Péricles Teixeira da Costa.

O sistema permite, ainda, a rastreabilidade tanto legal quanto técnica, bem como a rápida identificação dos equipamentos da planta.

Alguns exemplos de operações OEM na área farmacêutica, alimentícia e de biotecnologia são sistemas de limpeza de linhas de tubulação, osmose reversa (composto por tanque, bomba e membrana de filtragem), sistemas de ozônio para fabricação da água ultrapura, entre outros. O Sistema Conexo auxilia tanto em pequenos componentes, como respiradores de ar, quanto em grandes plantas de tratamento de água, por exemplo.

Um case de sucesso no uso do sistema Conexo na área de engenharia de plantas farmacêuticas é a GEA Westfalia em Oelde, na Alemanha. Com a instalação da solução GEMÜ, a empresa obteve melhor controle de pedidos e estocagem de válvulas, independentemente do projeto em andamento.

Outro diferencial oferecido pelo sistema Conexo é a rápida transferência de informação e rastreabilidade dos componentes, visto que o gargalo no momento da certificação é exatamente a busca por documentação e certificados. O sistema permite a qualificação completa das válvulas e outros componentes durante o FAT (aceitação na fábrica) em pouco mais de uma hora.

“O Conexo auxilia na rápida exportação de documentos e na atualização para criação de componentes de terceiros. Devido a essa economia, empresas como a GEA podem reduzir o tempo de documentação de dois dias para duas horas”, conta o gerente geral de vendas para a área farmacêutica, alimentícia e de biotecnologia da GEMÜ, Hans Paul Mösl.

Com relação à documentação, a principal vantagem é armazenar todas as informações eletronicamente, substituindo databook impressos e mantendo em um mesmo lugar os procedimentos usados na elaboração do skid, certificações, informações sobre o material que compõe os equipamentos etc. Além disso, o Conexo também oferece o controle temporal e processual das manutenções, recuperação de informações para controle de falhas e aumento da vida útil das máquinas, com economia ao evitar possíveis quebras.

Serviço
www.gemu-group.com/pt_BR

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos