Gestão

Nova rota reduz a latência da conexão Peru-Brasil em 30%

A rota Latam Express, da IPTP, parte de Lima e atravessa a América do Sul até chegar ao IBX da Equinix em São Paulo

A Iptp Networks, companhia global de telecomunicações, começa a oferecer a seus clientes uma nova rota de conexão entre Peru, Bolívia e Brasil, sendo a Equinix, empresa global de infraestrutura digital, a parceira escolhida no País. O novo serviço garante latência 30% menor que as demais rotas disponíveis e promete aproximar o mundo da América do Sul.

A razão para a latência menor é a distância percorrida, que é mais curta: a rota inédita corta a América do Sul, partindo de Lima, no Peru, passando por La Paz, na Bolívia, e chegando ao Data Center International Business Exchange (IBX) SP3 da Equinix em São Paulo. Segundo a Iptp, a rota percorre 4.300 quilômetros em somente 29 ms (milissegundos) do Peru ao Brasil.

Segundo a Iptp, a rota percorre 4.300 quilômetros em somente 29 ms (milissegundos) do Peru ao Brasil  

“O IBX da Equinix em São Paulo ocupa uma posição estratégica na conexão dos países da costa do Pacífico e também da Bolívia, que não tem saída para o mar”, explica Eduardo Carvalho, presidente da Equinix no Brasil. “A Equinix é o ponto de chegada para empresas da região, que podem se conectar diretamente a centenas de outras na Plataforma Equinix, inclusive provedores de Cloud e operadoras”, completa.

Darko Quinteros, Business Development Manager e Partner da Iptp na América Latina, destaca outra vantagem importante: custos mais baixos. “Para esses países da costa oeste, o custo de tráfego IP é mais baixo no Brasil”. O executivo considera a ligação mais rápida entre os dois oceanos um diferencial relevante, e acredita que as empresas irão se beneficiar ainda da possibilidade de conexões proporcionada pela Plataforma Equinix.

A demanda por interconexão mantém trajetória de alta na América Latina. A região irá registrar o maior crescimento da velocidade de interconexão (conectividade privada para a transferência de dados entre organizações) no mundo entre 2019 e 2023, alcançando uma taxa composta de 50%, de acordo com o Global Interconnection Index (GXI) Volume 4, estudo de mercado anual publicado pela Equinix.

Os provedores de serviços digitais — em áreas como telecomunicações, serviços de Cloud e TI, conteúdo e mídia digital e provedores de tecnologia — devem aumentar em cinco vezes a velocidade de interconexão até 2023 no mundo, impulsionados pela pressão das empresas por menos lacunas digitais na Edge, mais próximo dos usuários.

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos