book_icon

Pega GenAI Blueprint ganha novos recursos para fluxo de trabalho

Os novos recursos facilitam a inovação para que qualquer pessoa possa ir da ideia do aplicativo ao seu design funcional exponencialmente mais rápido

Pega GenAI Blueprint ganha novos recursos para fluxo de trabalho

A Pegasystems (Pega), provedora global de plataforma de automação de fluxo de trabalho e decisão de IA corporativa, apresentou novos recursos e uma interface de usuário aprimorada para o Pega GenAI Blueprint, ferramenta de design como serviço de aplicativos que capacita as organizações a reimaginar seus fluxos de trabalho de missão crítica. Esses novos recursos facilitam a inovação para que qualquer pessoa possa ir da ideia do aplicativo ao seu design funcional exponencialmente mais rápido e mais completamente do que as tradicionais ferramentas de design de fluxo de trabalho.

Em apenas algumas semanas, o Pega GenAI Blueprint gerou uma adoção mais rápida e mais empolgação do que qualquer oferta na história da empresa. Mais de 30 mil projetos foram criados com a participação de quase 500 organizações desde que entraram em operação em abril deste ano. Ao simplesmente descrever um conceito de aplicativo, o Pega GenAI Blueprint usa IA generativa para projetar os componentes necessários em segundos.

O App Studio acelera o processo de desenvolvimento com uma abordagem Low-code intuitiva que orienta os usuários e promove a colaboração entre as equipes para oferecer experiências de usuário perfeitas em seus fluxos de trabalho e aplicativos

Com base em décadas de experiência da Pega no setor, a ferramenta cria fluxos de trabalho personalizados com base nas melhores práticas para praticamente qualquer cenário imaginável – desde o processamento de solicitações de seguro, ao tratamento de estornos de cartão de crédito, ao gerenciamento de atendimento ao paciente e muito mais. Isso ajuda a otimizar processos legados quebrados, iniciando cada conversa com um fluxo de trabalho projetado para o futuro digital.

Desde o lançamento, a Pega adicionou iterativamente novos recursos para tornar o Pega GenAI Blueprint ainda mais poderoso. Disponível agora e nas próximas semanas, esses novos recursos incluem:

Aceleradores de transformação legados: as organizações podem iniciar seus designs de blueprint importando ativos, conteúdo e conhecimento existentes. Até o final de junho, os usuários poderão importar modelos legados de BPMN (Business Process Modeling, noção de processo de negócios) e, até o final do 3º trimestre, também oferecerão suporte a entradas legadas adicionais, como documentação de processos, telas de aplicativos e designs completos de blueprint por meio de APIs.

Visualizações de aplicativos ao vivo: os usuários podem visualizar instantaneamente como será sua interface de usuário em qualquer canal – incluindo Web, dispositivos móveis, desktop de atendimento ao cliente e autoatendimento ao cliente por meio da API DX da Pega – em qualquer estágio do ciclo de design com o botão ‘visualizar meu aplicativo’. Enquanto o Blueprint projeta fluxos de trabalho para funcionar independentemente do canal ou da tela, esse novo recurso de visualização ajuda os usuários a visualizar o aplicativo final e acelerar o processo de design.

Interface de usuário aprimorada: a nova interface torna ainda mais rápido e intuitivo guiar os usuários por cada estágio de design e fornecer diferentes opções para aprimorar seus fluxos de trabalho.

Geração do modelo de dados: a ferramenta agora gera automaticamente campos de modelo de dados atrás de cada tipo de caso, com a capacidade de editar, adicionar manualmente e excluir campos existentes.

Colaboração aprimorada: os usuários agora podem convidar pessoas para colaborar diretamente em seus projetos, incluindo a capacidade total de editar e adicionar novos componentes.

Gere mais ideias: ao simplesmente clicar no botão “gerar mais” em qualquer lugar do processo, os usuários agora podem pedir à ferramenta para criar mais ideias de ativos – como tipos de caso, campos ou personas.

Modelos fornecidos pelo parceiro: o ecossistema de parceiros da Pega agora pode carregar e salvar seus próprios modelos de fluxo de trabalho proprietários na biblioteca de práticas recomendadas da Pega para que eles possam aproveitá-los quando necessário para criar e criar novos serviços.

Quando o design do blueprint estiver concluído, ele poderá ser importado para o App Studio da Pega para transformá-lo em um aplicativo de classe empresarial funcional. O App Studio acelera o processo de desenvolvimento com uma abordagem Low-code intuitiva que orienta os usuários e promove a colaboração entre as equipes para oferecer experiências de usuário perfeitas em seus fluxos de trabalho e aplicativos.

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.