book_icon

Remessas globais de PCs devem crescer pouco este ano, prevê IDC

As vendas globais devem somar pouco mais de 260 milhões de unidades, apesar das melhoras econômicas e da chegada de uma nova categoria de equipamentos, os AI PCs

Remessas globais de PCs devem crescer pouco este ano, prevê IDC

O mercado mundial de PCs tradicionais deve permanecer estável em 2024, com remessas atingindo 260,2 milhões de unidades, apesar das melhorias econômicas e da chegada de uma nova categoria de PCs com unidades de processamento neural, coloquialmente apelidadas de AI PCs, de acordo com o estudo Worldwide Quarterly Personal Computing Device Tracker da IDC. A previsão global será prejudicada pela China, já que a economia do país enfrenta múltiplos desafios e, no curto prazo, os estoques permanecem elevados. Excluindo a China, o mercado de PCs deve crescer 2,6% ano a ano em 2024, enquanto o mercado de PCs na China não deve se recuperar até o segundo semestre de 2025.

Para o resto do mundo, as remessas de PCs em 2024 serão impulsionadas por alguns fatores coincidentes:

Embora o ruído em torno da IA no dispositivo possa parecer um pouco injustificado devido à falta de casos de uso bem definidos para usuários corporativos, esses dispositivos trarão consigo uma mudança importante na computação

– Um ciclo de atualização educacional, já que 29,6 milhões de PCs são enviados para esse mercado. Embora os orçamentos não sejam tão grandes quanto eram durante a pandemia, muitos PCs comprados durante a pandemia devem receber uma atualização. No entanto, os orçamentos mais baixos significam que o ciclo de atualização será espalhado por vários anos, em vez de um grande pico por um curto período de tempo, como visto durante a pandemia.

– Um ciclo de atualização do Windows está prestes a começar, já que o fim do suporte para o Windows 10 no final de 2025 deve levar a atualizações do PC a partir do segundo semestre de 2024.

No mercado de consumo, a IDC prevê uma queda geral nos embarques de 1,1% em 2024. No entanto, o mercado consumidor crescerá 1,6% ano a ano se a China for excluída. As taxas de juros elevadas, juntamente com a demanda por outros dispositivos, como smartphones, devem conter o crescimento dentro do segmento.

– Fora dos ciclos de atualização, os PCs de IA baseados no silício recém-lançado da Qualcomm, bem como chips mais recentes da AMD e da Intel que chegam no final deste ano, devem impulsionar um aumento nas remessas de curto prazo. No entanto, a longo prazo, os AI PCs provavelmente não impulsionarão o volume de envios, mas prevê-se que alimentem um aumento nos preços médios de venda (ASPs).

“Embora o ruído em torno da IA no dispositivo possa parecer um pouco injustificado devido à falta de casos de uso bem definidos para usuários corporativos, esses dispositivos trarão consigo uma mudança importante na computação, oferecendo geração de conteúdo e aumento da produtividade nos próximos anos”, disse Jitesh Ubrani, gerente de Pesquisa do Worldwide Mobile Device Trackers da IDC. “No entanto, a adoção do consumidor provavelmente levará mais tempo, pois educar os usuários sobre os benefícios da IA no dispositivo versus soluções baseadas em Nuvem não será uma tarefa simples”, afirmou.

“A Microsoft deu o pontapé inicial na corrida dos PCs de IA com seus anúncios recentes na Build”, acrescentou Linn Huang, vice-presidente de Pesquisa de Dispositivos e Monitores da IDC. “Esses anúncios foram apenas a ponta do iceberg quando se trata da visão de longo prazo da indústria de PCs de IA: dispositivos que automatizam, suportam e inspiram seus usuários por meio do uso de IA generativa. Eventualmente, a IA será onipresente nos PCs. Enquanto isso, vemos PCs de IA (definidos aqui como aqueles com NPUs) aumentando de aproximadamente um em cada cinco este ano, para quase dois em cada três PCs enviados em 2028”, observou.

 

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.