book_icon

Embratel expande solução de conectividade via satélite para fornecer redundância

IPSat, serviço de Banda Larga via satélite, proporciona uma camada adicional de backup à rede das empresas, garantindo resiliência e maior eficiência na continuidade de tráfego de Dados

Embratel expande solução de conectividade via satélite para fornecer redundância

A Embratel anuncia a ampliação do IPSat, serviço de Banda Larga via satélite em Banda Ka, para fornecer redundância para empresas de todos os setores. A atualização da solução de conectividade é indicada para negócios que necessitem de serviços com alta disponibilidade e – eficiência. Pode ser usado por companhias com dados críticos e por quem necessita garantia de backup de rede.

“O IPSat da Embratel é baseado em tecnologia avançada e rede própria autossuficiente, que proporciona uma conexão confiável e estável”, afirma Gustavo Silbert, diretor- executivo da Embratel. De acordo com o executivo, a busca por redundância tende a crescer porque cada vez mais é essencial para garantir a continuidade dos negócios. “Por esse motivo, nossa solução se destaca como um serviço de backup confiável, que é capaz de contornar problemas locais de infraestrutura terrestre, mantendo a conectividade ativa.”, diz.

O serviço de Banda Larga via satélite da Embratel também pode ser integrado à solução de SD-WAN (Rede Definida por Software), para potencializar ainda mais seus benefícios 

Atualmente, os grandes centros urbanos contam com redes terrestres robustas, que proporcionam conectividade confiável para as empresas. Porém, em cenários inesperados, como em casos de desastres naturais, é necessário ter uma camada adicional para o fornecimento de rede às operações comerciais. Essa funcionalidade é proporcionada pelo IPSat da Embratel, que garante uma infraestrutura satelital de alta eficácia.

O serviço de Banda Larga via satélite da Embratel também pode ser integrado à solução de SD-WAN (Rede Definida por Software), para potencializar ainda mais seus benefícios. O SD-WAN proporciona uma abordagem flexível e dinâmica para gerenciar o tráfego, priorizando automaticamente o fluxo de dados com base nas necessidades da empresa e nas condições da rede. Dessa forma, a união do IPSat e SD-WAN permite que a transição para o uso de diferentes redes ocorra de modo imperceptível aos colaboradores e clientes das companhias, e sem paralisações. Assim, bancos e grandes varejistas, por exemplo, que demandam de uma conexão contínua para transações, processamento de pagamentos e comunicação com sistemas de processamento de dados, têm estabilidade para suas operações.

“Estamos proporcionando uma conectividade contínua e resiliente para o mercado corporativo, independentemente da localização geográfica das empresas, estejam elas nos grandes centros urbanos ou em regiões mais afastadas”, afirma Silbert. De acordo com o executivo, o IPSat é ofertado de forma flexível e adaptável para cada companhia. “Entre as velocidades comercializadas para o uso da solução estão 20 Mbps (download) com 4 Mbps (upload) ou 25 Mbps (download) com 4 Mbps (upload), podendo ser contratado com um IP Fixo, permitindo configurações de acesso reverso à rede do cliente, ou dinâmico”, diz.

A Embratel é uma das maiores fornecedoras de Internet via satélite no Brasil e consegue fornecer uma rede com a qualidade e a segurança necessárias por meio de uma frota com cinco satélites próprios: Star One C2, Star One C3, Star One C4, Star One D1 e Star One D2. A manutenção e o gerenciamento da rede são realizados sem interrupção pela equipe dedicada de engenheiros e técnicos brasileiros especializados da Embratel, a partir de seu centro de operações de satélites localizado em Guaratiba (RJ), o maior e moderno do Brasil e da América Latina. O Sistema de Gestão de Qualidade do Serviço de Controle de Satélites do centro de Guaratiba possui a certificação ISO 9001:2015, destacando a Embratel pela sua confiabilidade, com tecnologia avançada e time profissional
altamente capacitado. A Embratel ainda conta com um Teleporto em João Pessoa (PB).

A Embratel também é credenciada de acordo com as normas do Inmetro (Brasil), da Ansi-Rab (Estados Unidos) e RVA (Holanda), além de participar ativamente na Space Data Association (SDA), principal instituição que presta serviços de vigilância espacial para as
operadoras de satélites.

A ampliação do IPSat com foco em redundância e backup reforça o compromisso da Embratel em fornecer soluções completas e inovadoras ao mercado corporativo.

Serviço
www.embratel.com.br/internet/ipsat

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.