book_icon

As ferramentas de visualização estão transformando espaços físicos e digitais

À medida que avançamos, torna-se cada vez mais fácil transformar a imaginação criativa em realidade tangível, prometendo um futuro em que as limitações de design são coisa do passado

As ferramentas de visualização estão transformando espaços físicos e digitais

No mundo da arquitetura e do design contemporâneos, as ferramentas de visualização são muito mais do que um simples apoio na elaboração de projetos; elas são catalisadoras de mudança, transformando fluxos de trabalho e ampliando as possibilidades criativas. Desde desenhos rudimentares até modelos 3D complexos, a evolução dessas ferramentas acelerou a iteração de design e promoveu uma colaboração mais eficaz entre as equipes e clientes.

Para o SketchUp, o software em design entre profissionais criativos em arquitetura, design de interiores e construção, a visualização sempre foi uma parte essencial do processo de design, facilitando a comunicação de ideias e a concretização de visões. Ao longo dos anos, essas ferramentas evoluíram e revolucionaram a forma como profissionais abordam seus projetos.

A transição para o design auxiliado por computador (CAD) e ferramentas de modelagem 3D melhoraram significativamente a precisão e reduziram drasticamente os tempos de iteração em projetos

Tradicionalmente, o processo de design começava com esboços e desenhos à mão que exigiam horas de trabalho meticuloso e eram difíceis de modificar. Embora artisticamente gratificantes, esses métodos limitavam a velocidade e a flexibilidade do design.

O SketchUp surgiu, em 2000, como uma solução disruptiva que democratizou as ferramentas de modelagem 3D. A solução foi criada, à medida que a tecnologia começou a influenciar a indústria, com o objetivo de fornecer um programa de modelagem acessível para arquitetos e designers profissionais e, também, para estudantes da área.

O SketchUp mudou o cenário da indústria ao introduzir uma interface de usuário que desmistificou a tecnologia 3D, permitindo que os usuários criassem modelos complexos com operações simples de arrastar e soltar. À medida que evoluiu, a solução expandiu significativamente suas capacidades, mantendo sua simplicidade operacional inicial.

A integração de novas funcionalidades, como a possibilidade de buscar componentes 3D prontos a partir de imagens, a ideação de projeto usando Inteligência Artificial, e o estudo do contexto para melhor posicionamento das edificações para performance energética ampliada, juntamente com melhorias em precisão e ferramentas avançadas para profissionais, permitiu que o SketchUp se mantivesse na linha de frente da tecnologia de modelagem 3D. Hoje, a solução é usada não só arquitetura e design, mas em projetos de planejamento urbano, engenharia e na educação, provando ser uma ferramenta indispensável em uma infinidade de possíveis aplicações.

A transição para o design auxiliado por computador (CAD) e ferramentas de modelagem 3D melhoraram significativamente a precisão e reduziram drasticamente os tempos de iteração em projetos, permitindo que os profissionais experimentem e modifiquem suas ideias com uma facilidade sem precedentes.

Scan-To-Design, o presente do design 3D
A evolução da tecnologia levou a inovações como Realidade Aumentada e digitalização 3D, o que abriu novos caminhos para visualização e interação com ambientes projetados, mesmo antes de sua construção física.

Scan to Design [Labs], o novo recurso dentro do SketchUp para iPad, exemplifica essa tendência ao permitir que os usuários escaneiem espaços e projetem modelos 3D texturizados rapidamente, integrando tecnologias avançadas como digitalização Canvas e funcionalidades do RoomPlan da Apple.

Esta função simplificou e otimizou o processo de captura das condições pré-existentes do local, permitindo que os profissionais iniciem a modelagem conceitual quase imediatamente e refletindo em uma melhora significativa na eficiência.

Além da redução significativa nos tempos de desenvolvimento de projeto e iterações, a ferramenta se integra perfeitamente aos fluxos de trabalho de design, o que possibilita uma colaboração mais fluida e eficaz entre designers e suas equipes, e com clientes e outros envolvidos, facilitando a visualização imediata de ideias em 3D e da captura de feedback em tempo real.

Além disso, ajuda a reduzir a necessidade de visitas ao local para captura de Dados e proporciona maior eficácia no alinhamento com o cliente, gerando menos iterações ao longo do projeto, o que impacta diretamente na economia de tempo e na queda dos custos associados, permitindo que as empresas sejam mais competitivas no mercado.

A evolução contínua das ferramentas de visualização no design não está apenas moldando o futuro da indústria, mas também redefinindo as maneiras como interagimos com espaços físicos e digitais. À medida que avançamos, torna-se cada vez mais fácil transformar a imaginação criativa em realidade tangível, prometendo um futuro em que as limitações de design são coisa do passado.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.