book_icon

GitHub Enterprise Server 3.8: oferece melhorias para o gerenciamento de atividades

Com atualizações para GitHub Actions, repositórios e Advanced Security, nova versão aprimora experiência de desenvolvedor para as empresas

GitHub Enterprise Server 3.8: oferece melhorias para o gerenciamento de atividades

A nova versão da ferramenta voltada para negócios do GitHub, Enterprise Server 3.8 (GHES 3.8), já está disponível para todas as empresas. A versão oferece melhorias para o gerenciamento de atividades, incluindo novos recursos como GitHub Projects, suporte mais amplo para Actions, novos recursos administrativos e melhorias de segurança.

Entre as novidades da atualização, os principais destaques são: GitHub Projects, agora disponível no Enterprise Server como um beta público; Console de Gerenciamento que suporta várias contas, permitindo que os administradores concedam acesso a diferentes perfis sem compartilhar uma senha; GitHub Actions agora oferece suporte a fluxos de trabalho reusáveis (reusable workflows); e o CodeQL já oferece suporte nativo a Kotlin e a projetos mistos de Java e Kotlin.

Para empresas que já possuem uma versão anterior do Enterprise Server, é possível atualizar através do Upgrade Assistant. Já para instalar pela primeira vez, os interessados podem acessar o site para baixar a versão 3.8.

Planejamento e codificação com GitHub Projects
O planejamento e o rastreamento são pontos essenciais para o bom funcionamento e sucesso das equipes de desenvolvimento, sendo importantes também para um trabalho mais ágil. Assim, a forma de trabalhar também evolui à medida que as equipes e os projetos crescem. Mas as ferramentas que implementam uma única metodologia são muito específicas e restritivas para se adaptar às mudanças nas condições.

Por isso, o GitHub Projects ajuda a conectar o planejamento diretamente às equipes de trabalho que estão executando na plataforma. E com maior flexibilidade, o Projects pode se tornar o que a equipe precisa a qualquer momento, sendo que as tabelas de projeto fornecem uma tela em tempo real para filtrar, classificar, agrupar problemas e pull requests.

Mantenha sua automação compatível com os fluxos de trabalho necessários do GitHub Actions e muito mais
O GitHub Enterprise Server 3.8 potencializa o GitHub Actions como uma plataforma de automação orientada por políticas, com controles de padronização e segurança integrada para a Nuvem. Aqui estão alguns dos destaques:

Fluxos de trabalho obrigatórios (required workflows) (beta)
Os fluxos de trabalho obrigatórios permitem que as equipes de DevOps definam e imponham práticas padrão de CI/CD em vários repositórios de código-fonte em uma organização sem a necessidade de configurar cada repositório individualmente, o que se torna uma tarefa impossível em grandes organizações.

As variáveis de configuração facilitam o compartilhamento de configurações não confidenciais, como nomes de servidor, em seus fluxos de trabalho também, armazenando dados de configuração como variáveis de texto simples que podem ser reutilizadas em fluxos de trabalho.

Conecte-se com segurança à sua conta de armazenamento do Actions com OIDC
Evite o risco de armazenar segredos confidenciais da Nuvem e chaves de acesso, autenticando em contas de armazenamento de objetos na AWS, Azure e GCP com OpenID Connect (OIDC).

Além disso, os desenvolvedores que usam o Enterprise Server agora também podem compartilhar workflows de Actions em sua empresa em repositórios privados e internos, e nomear dinamicamente execuções de fluxo de trabalho. Assim é possível identificar mais facilmente fluxos de trabalho reutilizáveis que são executados em ambientes diferentes e restringir os fluxos para serem executados apenas em ambientes definidos.

Controle e rastreie quem faz o quê no Console de Gerenciamento
A autenticação no Console de Gerenciamento é atualmente baseada em uma única senha root. Na versão 3.8, adicionamos suporte para várias contas de usuário para o Console de Gerenciamento, juntamente com um registro completo de ações – para que o usuário possa rastrear exatamente quem está fazendo o quê em sua instância do Enterprise Server.

Administradores de instâncias podem criar e convidar novos usuários com diferentes tipos de acesso ao Console de Gerenciamento, sendo que cada usuário possui sua própria senha.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.