book_icon

Com investimento de R$1,5 bi, nstech lança plataforma Open Logistics

O sistema concentra mais de 100 soluções que hoje já atende cerca de 60 mil empresas do setor

Com investimento de R$1,5 bi, nstech lança plataforma Open Logistics

Diante das atuais demandas de mercado e grande fluxo de informação fragmentada em diversos sistemas dos processos logísticos, a ineficiência no Brasil ainda é um desafio a ser superado. De olho nas necessidades do setor, a nstech, ecossistema conectado de tecnologia para logística e mobilidade, está investindo R$ 1,5 bilhão em uma abrangente plataforma Open Logistics. O sistema concentra mais de 100 soluções que hoje já atende cerca de 60 mil empresas do setor.

De acordo com Vasco Oliveira, fundador e CEO da nstech, a plataforma integra softwares do setor para gerar eficiência operacional, financeira e na gestão de risco. “A solução surge como um meio digital de conectar clientes e fornecedores, evitando burocracias, custos desnecessários e falta de agilidade em todas as áreas”, afirma.

A nstech conta com mais de 60 mil clientes – presentes na América Latina e alguns países da África e Europa – dos quais 50 mil são transportadores, e 2 milhões de caminhoneiros cadastrados na base, em um mercado potencial de 2,4 milhões

Além de estabelecer padrões e regras claras para os usuários, o sistema oferece maior transparência e eficiência para que players do ecossistema troquem dados de maneira mais fluída sobre produtos, softwares, serviços, conteúdo, entre outras informações. “As empresas que adotarem o open logistics poderão escolher a melhor oferta de tecnologia de diversos players da cadeia”, reforça Oliveira.

Dos sete módulos que compõem a tecnologia, o primeiro traz ao mercado um portal com informações completas sobre produtos. O segundo, introduz a chamada Plataforma de Integração como Serviço (IPaaS), que oferece integração entre softwares e sistemas com toda a segurança e governança exigida por grandes players logísticos.

Com o terceiro módulo, a nstech traz soluções voltadas para a área de dados, unificando e automatizando informações a respeito dos motoristas, documentações, entre outras facilidades. Já na quarta vertente, os usuários poderão cotar preços de pneus, óleos, entre outros itens automotivos, por meio de um marketplace de produtos. No quinto módulo, há um braço de conteúdo para a contratação de cursos profissionalizantes sobre o setor.

No sexto módulo, a empresa implementa uma nova conta para pessoas jurídicas, que será plugada na plataforma junto de outros produtos financeiros. O modelo aplicado é semelhante à conta digital já existente para pessoas físicas, que tem um e TPV (total Payment Volume) de mais de R$ 2 bilhões ao ano. O último módulo é exclusivo para desenvolvedores plugarem soluções inovadoras para o mercado logístico.

Oliveira conta que os investimentos na nova plataforma foram realizados para integrar todos os softwares de mercado de forma segura. “Dedicamos dois anos de investimentos baseados em pesquisa, desenvolvimento e aquisições de novas tecnologias, com um time de mais de 700 pessoas na área de P&D, para entregarmos uma plataforma que gere segurança, agilidade e eficiência, algo que as companhias do setor logístico buscam incessantemente nos dias de hoje”.

Atualmente, a nstech conta com mais de 60 mil clientes – presentes na América Latina e alguns países da África e Europa – dos quais 50 mil são transportadores, e 2 milhões de caminhoneiros cadastrados na base, em um mercado potencial de 2,4 milhões. “A intenção é continuar incorporando soluções para ter o melhor conjunto de tecnologias para logística, cumprindo o propósito da empresa de reduzir acidentes nas estradas, emissão de poluentes e tornar as operações logísticas mais seguras. Nosso intuito também é exportar essa tecnologia inovadora brasileira para todos os continentes”, conclui o CEO da nstech.

Serviço
www.nstech.com.br

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.