book_icon

Vinte empresas representarão o Brasil no Mobile World Congress 2023

A ser realizado de 27 de fevereiro a 2 de março na Espanha, o MWC é considerado o evento mais influente do mundo para o segmento de Conectividade

Vinte empresas representarão o Brasil no Mobile World Congress 2023

Com uma delegação integrada por vinte empresas e startups, o Brasil estará presente pelo décimo segundo ano consecutivo no Mobile World Congress – MWC. Considerado o evento mais influente do mundo para a indústria de Conectividade, ele será realizado em Barcelona, na Espanha, de 27 de fevereiro a 2 de março.

A participação nacional é uma iniciativa do Programa de Internacionalização para a Espanha, desenvolvido no âmbito do Projeto Brasil IT+, parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e da Softex e conta com o apoio do apoio do Consulado do Brasil em Barcelona no âmbito do Programa de Diplomacia da Inovação.

O MWC terá como temas centrais: 5G, 6G, tecnologias imersivas e FinTech – e seus impactos futuros. Em 2022, o evento recebeu mais de 61.000 participantes de quase 200 países

Nesta edição, o MWC terá como temas centrais: 5G, 6G, tecnologias imersivas e FinTech – e seus impactos futuros. Em 2022, o evento recebeu mais de 61 mil participantes de quase 200 países.

Integram a delegação brasileira Agile; Argotechno; Cesar; Click Alert; Diagnext; Digivox; Evo Systems; Ilegra; I. M. Tecnologia; Instituto Eldorado; Knowcode; Kymo; MC1; Positivo; Pulsus; Real2U; Stefanini; Trackage; Venko e W5.

“Os setores de TI e Telecom são estratégicos para alavancar o crescimento do país e nossa presença em um evento desta relevância é fundamental para o mapeamento de oportunidades de negócios, bem como das principais tendências do mercado mundial, além de contribuir para fortalecer a presença de nossas companhias no mercado global”, avalia Diônes Lima, vice-presidente executivo da Softex.

A diagnext.com, primeiro provedor de telecomunicações especializado em telemedicina do Brasil, atua também com foco em ambientes plenamente hostis à tecnologia da informação. “Nosso objetivo neste evento é levar nossos conhecimentos, implantações, tecnologias, serviços e processos a novas fronteiras, aproveitando a interação da Europa com o resto do mundo. Apresentaremos no MWC nosso projeto de operação de saúde do interior da Floresta Amazônica, um grande exemplo de implantação exitosa em um dos mais hostis ambientes do mundo. Vivemos um cenário no qual o planeta como um todo demanda o conhecimento e a experiência em projetos como os que atuamos”, destaca Leonardo Melo, fundador da diagnext.com.

Já o objetivo do Instituto Eldorado, segundo Andre Janousek, Business Development Manager é de se apresentar como parceiros para as empresas interessadas em alavancar suas estratégias de inovação aberta. “Somos referência em P&D e Inovação no mercado brasileiro nos segmentos de TIC, agro, auto, energia, óleo e gás, saúde, indústria 4.0 e educação. Desenvolvemos soluções de hardware, software e realizamos, capacitações, testes, certificações e consultoria em inovação. E temos uma estrutura laboratorial de nível mundial”.

A Espanha é o 29º país mais inovador do mundo segundo o Índice Global de Inovação 2022. Possui mais de 20 mil startups e 14 unicórnios. As cidades de Madri e Barcelona estão entre os dez maiores hubs de inovação da Europa.

Ao longo dos últimos 17 anos, o Projeto Brasil IT+ já envolveu mais de 640 companhias interessadas em expandir sua atuação para além das fronteiras nacionais. O volume de negócios gerado pelas companhias aderidas ao Projeto atingiu US$ 421 milhões em 2021.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.