book_icon

ISG investiga os diversos perfis de empresas que adotam Nuvem privada e híbrida

O relatório 2022 ISG Provider Lens Next-Gen Private/Hybrid Cloud – Data Center Solutions and Services Archetype constata que as empresas estão buscando uma infraestrutura de TI mais flexível e acessível

ISG investiga os diversos perfis de empresas que adotam Nuvem privada e híbrida

As soluções de Nuvem privada/híbrida são fundamentais para as iniciativas de Transformação Digital na maioria das empresas, abrangendo organizações em vários níveis de maturidade da Nuvem, de acordo com um novo relatório de pesquisa publicado pelo Information Services Group (ISG), uma empresa global de pesquisa e consultoria em tecnologia.

O relatório 2022 ISG Provider Lens Next-Gen Private/Hybrid Cloud – Data Center Solutions and Services Archetype constata que as empresas estão buscando uma infraestrutura de TI mais flexível e acessível à medida que dados e softwares se tornam mais centrais para suas operações e sucesso comercial. Isso está levando muitos a adotar modelos híbridos que podem combinar Nuvens privadas e públicas e Data Centers internos e externos, dependendo das necessidades da organização.

A mudança para Nuvens privadas e híbridas também está removendo barreiras de rede e permitindo que as empresas levem a computação para a Borda da infraestrutura de IoT, rastreamento de ativos, segurança e outros propósitos

“A terceirização do Data Center tornou-se mais do que uma simples estratégia de contenção de custos”, disse Jan Erik Aase, sócio e líder global da ISG Provider Lens Research. “As empresas estão equilibrando a necessidade de agilidade e escalabilidade com preocupações de segurança e governança”, comentou.

Muitas empresas estão lidando com uma crescente escassez de habilidades de TI ao se envolver com provedores de serviços para desenvolver Nuvens privadas ou híbridas com monitoramento remoto inteligente e automação, diz o relatório. Essas tecnologias permitem que as organizações gerenciem automaticamente os requisitos da infraestrutura de Nuvem e prevejam e resolvam problemas, alcançando uma operação sustentada com uma força de trabalho limitada.

A mudança para Nuvens privadas e híbridas também está removendo barreiras de rede e permitindo que as empresas levem a computação para a Borda da infraestrutura de IoT, rastreamento de ativos, segurança e outros propósitos, diz a ISG. Muitos provedores também estão ajudando os clientes a implementar provas de conceito para AIOps, o conjunto emergente de tecnologias que usa algoritmos de IA para otimizar o desempenho do Data Center e fornecer análises relacionadas ao uso de recursos. A automação baseada em IA está se tornando cada vez mais importante para empresas com ambientes complexos de Nuvem híbrida.

O relatório 2022 ISG Provider Lens Next-Gen Private/Hybrid Cloud – Data Center Solutions and Services Archetype examina quatro tipos diferentes de clientes, ou arquétipos, que procuram soluções de Nuvem privada/híbrida. O relatório avalia as capacidades de 34 provedores para entregar serviços aos quatro arquétipos:

Arquétipo Tradicional: essas empresas preferem manter um controle substancial sobre a TI e buscar a terceirização para preencher as lacunas nas qualificações por meio do aumento da equipe. Eles podem descarregar o gerenciamento de alguns de seus ativos de TI não críticos para a missão, principalmente para conter custos. Iniciativas típicas de terceirização são pequenos projetos, como padronização ou expansão incremental da virtualização. Esses clientes avaliam os provedores principalmente em termos de controle de custos.

Arquétipo de Serviços Gerenciados: esses clientes têm experiência na terceirização de operações de Data Center e estão prontos para transferir mais responsabilidades aos provedores de serviços. Embora focados principalmente na redução de custos, eles também estão interessados ​​em melhorar a produtividade de TI por meio da terceirização. Essas organizações estão buscando contratos de médio a grande porte com provedores que fornecem serviços remotamente e seguem práticas de infraestrutura segura.

Arquétipo Transformacional: essas empresas estão em sua segunda ou terceira geração de terceirização e procuram ir além com recursos como provisionamento de autoatendimento baseado em políticas. Eles perseguem projetos massivos de transformação com provedores de serviços que possuem uma grande escala de operações, preferindo integradores de sistemas que podem agregar as melhores tecnologias em soluções unificadas.

Arquétipo Pioneiro: são empresas que estão na vanguarda das práticas de gerenciamento de TI e têm orçamentos menos restritos do que os outros arquétipos. Eles estão focados em iniciativas estratégicas para aprimorar os processos de negócios, como tornar os desenvolvedores mais produtivos por meio de uma infraestrutura orientada a DevOps com recursos programáticos. Esses clientes estão migrando para ambientes de data center definido por software (SDDC) para obter uma experiência semelhante à nuvem pública em seu próprio Data Center.

Serviço
www.isg-one.com

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento