book_icon

Microsoft anuncia a disponibilidade geral do Azure OpenAI Service

Agora, mais empresas podem solicitar acesso aos modelos de IA mais avançados do mundo, incluindo o badalado ChatGPT, que foi treinado e executa inferência na infraestrutura do Azure AI

Microsoft anuncia a disponibilidade geral do Azure OpenAI Service

A Microsoft anunciou a disponibilidade geral do Azure OpenAI Service como parte do compromisso contínuo da companhia em democratizar a Inteligência Artificial (IA) e da parceria contínua com a OpenAI. O anúncio foi feito por Eric Boyd, vice-presidente corporativo de AI Platform da Microsoft no blog da empresa. “Grandes modelos de linguagem estão rapidamente se tornando uma plataforma essencial para as pessoas inovarem, aplicarem IA para resolver grandes problemas e imaginarem o que é possível”, disse o executivo. “Agora, mais empresas podem solicitar acesso aos modelos de IA mais avançados do mundo, incluindo GPT-3.5, Codex e DALL•E 2, apoiados por recursos confiáveis ​​de nível empresarial e infraestrutura otimizada para IA do Microsoft Azure, para criar aplicativos de ponta. Os clientes também poderão acessar o ChatGPT – uma versão aprimorada do GPT-3.5 que foi treinada e executa inferência na infraestrutura do Azure AI, por meio do Azure OpenAI Service em breve”, completou.

Filtros de conteúdo projetados exclusivamente para capturar conteúdo abusivo, odioso e ofensivo monitoram constantemente a entrada fornecida ao serviço, bem como o conteúdo gerado

Segundo o executivo, o Azure OpenAI Service foi lançado em novembro de 2021 para permitir que os clientes aproveitem o poder de modelos de IA generativos em grande escala com as promessas corporativas que os clientes esperam da infraestrutura de Nuvem e computação do Azure, como segurança, confiabilidade, conformidade, privacidade de dados e recursos integrados de IA responsável.

“Desde então, uma das coisas mais empolgantes que vimos é a amplitude de casos de uso que o Azure OpenAI Service permitiu aos nossos clientes, desde a geração de conteúdo que ajuda a combinar melhor os compradores com as compras certas até o resumo de tíquetes de atendimento ao cliente, liberando tempo para os funcionários para se concentrarem em tarefas mais críticas”, contou Boyd. “Clientes de todos os tamanhos em todos os setores estão usando o Azure OpenAI Service para fazer mais com menos, melhorar as experiências dos usuários finais e simplificar as eficiências operacionais internamente. De startups como a Moveworks a corporações multinacionais como a KPMG, organizações pequenas e grandes estão aplicando os recursos do Azure OpenAI Service a casos de uso avançados, como suporte ao cliente, personalização e obtenção de insights de dados usando pesquisa, extração de dados e classificação”, explicou.

O Azure OpenAI Service fornece às empresas e desenvolvedores modelos de IA de alto desempenho em escala de produção com tempo de atividade líder do setor. Este é o mesmo serviço de produção que a Microsoft usa para alimentar seus próprios produtos, incluindo o GitHub Copilot, um programador de pares de IA que ajuda os desenvolvedores a escrever códigos melhores; o Power BI, que aproveita a linguagem natural baseada em GPT-3 para gerar fórmulas e expressões automaticamente; e o recém-anunciado Microsoft Designer, que ajuda os criadores a desenvolver conteúdos com prompts de linguagem natural.

Infraestrutura otimizada para IA do Azure

Segundo a Microsoft, o Azure é a única Nuvem pública global hoje que oferece supercomputadores de IA com recursos massivos de expansão. Com um design de arquitetura exclusivo que combina as principais soluções de GPU e rede, o Azure oferece desempenho e escala para as cargas de trabalho de inferência e treinamento de IA mais intensivas em computação.

É a razão pela qual as principais empresas de IA do mundo, incluindo OpenAI, Meta, Hugging Face e outras, continuam a escolher o Azure para promover sua inovação em IA. Atualmente, o Azure está entre os 15 principais supercomputadores TOP500 em todo o mundo e é o provedor de serviços de Nuvem global mais bem classificado atualmente. O Azure continua a ser a nuvem e o poder de computação que impulsiona os avanços de IA em larga escala em todo o mundo.

Uma abordagem responsável à IA

“Como líderes do setor, reconhecemos que qualquer inovação em IA deve ser feita com responsabilidade. Isso se torna ainda mais importante com novas tecnologias poderosas, como modelos generativos. Adotamos uma abordagem iterativa para grandes modelos, trabalhando em estreita colaboração com nosso parceiro OpenAI e nossos clientes para avaliar cuidadosamente os casos de uso, aprender e abordar os riscos potenciais”, afirmou Boyd. “Além disso, implementamos nossas próprias proteções para o serviço Azure OpenAI que se alinham com nossos princípios de IA responsável. Como parte de nossa estrutura de acesso limitado, os desenvolvedores devem solicitar acesso, descrevendo seu caso de uso ou aplicativo pretendido antes de receberem acesso ao serviço. Filtros de conteúdo projetados exclusivamente para capturar conteúdo abusivo, odioso e ofensivo monitoram constantemente a entrada fornecida ao serviço, bem como o conteúdo gerado. No caso de uma violação de política confirmada, podemos solicitar ao desenvolvedor que tome medidas imediatas para evitar mais abusos”, explicou o executivo.

Serviço
www.microsoft.com

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.