book_icon

Qualcomm e Meta fazem parceria para oferecer experiências de metaverso multi-geracionais

As empresas trabalham juntas em inovações de ponta em Realidade Virtual (VR) há mais de sete anos – mais recentemente com o Meta Quest 2

Qualcomm e Meta fazem parceria para oferecer experiências de metaverso multi-geracionais

A Qualcomm Technologies e a Meta Platforms anunciaram na IFA 2022, em Berlim, um acordo de vários anos para colaboração em uma nova era da computação espacial alimentada por plataformas e tecnologias Snapdragon de Realidade Estendida (XR) para a plataforma Meta Quest. As empresas trabalham juntas em inovações de ponta em Realidade Virtual (VR) há mais de sete anos – mais recentemente com o Meta Quest 2 – e este acordo solidifica o compromisso mútuo de entregar nos próximos anos diversas gerações de dispositivos e experiências premium, alimentadas por plataformas VR personalizadas.

À medida que continuamos a construir recursos e experiências mais avançadas para Realidade Virtual e Aumentada, tornou-se mais importante construir tecnologias especializadas para alimentar nossos headsets VR e outros dispositivos  

“Ao fazermos essa parceria com a Meta, estamos reunindo dois dos líderes mundiais do Metaverso para revolucionar o futuro da computação para bilhões de pessoas nos próximos anos”, disse Cristiano Amon, presidente e CEO da Qualcomm Incorporated. “Com base em nossa liderança conjunta em XR, este acordo permitirá que nossas empresas forneçam os melhores dispositivos e experiências da categoria para transformar a maneira como trabalhamos, jogamos, aprendemos, criamos e nos conectamos em um Metaverso totalmente realizado.”

“Estamos trabalhando com a Qualcomm Technologies em chipsets de Realidade Virtual personalizados – alimentados por plataformas e tecnologia Snapdragon XR – para nosso futuro desenvolvimento de produtos Quest”, disse Mark Zuckerberg, fundador e CEO da Meta. “À medida que continuamos a construir recursos e experiências mais avançadas para Realidade Virtual e Aumentada, tornou-se mais importante construir tecnologias especializadas para alimentar nossos headsets VR e outros dispositivos. Ao contrário dos celulares, a construção de Realidade Virtual traz novos desafios multidimensionais em computação espacial, custo e fator de forma. Esses chipsets nos ajudarão a continuar levando a Realidade Virtual para seus limites e proporcionando experiências incríveis.”

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento