book_icon

Clicksign lança solução para aceite de acordos via WhatsApp

Referência no setor de assinaturas eletrônicas e digitais, empresa agora foca em grandes organizações com a oferta de soluções digitais completas para formalizar contratos e acordos

Clicksign lança solução para aceite de acordos via WhatsApp

A Clicksign, provedora brasileira de tecnologia para assinaturas eletrônicas e digitais, anunciou o lançamento do Aceite via WhatsApp, solução inédita no Brasil baseada no mecanismo de assinatura e automação para fluxo de registro de informação no WhatsApp. Com isto, o cliente vai poder formalizar todo o fluxo de forma rápida e segura. A nova funcionalidade é o primeiro passo no plano de expansão do negócio da empresa no País, agora focado no mercado corporativo, e promete desburocratizar a rotina de processos de empresas e clientes de setores que precisam de maior agilidade para formalização de acordos e termos. Com a novidade, a empresa espera crescer em receita e aumentar sua base de clientes, como nos segmentos de varejo, saúde e educação até o fim de 2022.

A nova funcionalidade deve atrair a atenção de empresas de diversos segmentos que queiram desburocratizar a formalização de acordos. Mas, também, pode ser utilizada em situações onde o cliente/destinatário tenha acesso restrito a e-mails ou não consiga usá-los

Inicialmente na sua versão beta, a solução funciona da seguinte maneira: o destinatário recebe o contrato ou acordo via WhatsApp, formalizando o aceite em poucos passos. Isto tudo de forma segura, pois há um processo de autenticação, para confirmar sua identidade. Toda a transação ocorre exclusivamente via a plataforma de mensagens, gerando um registro de validade do acordo para os envolvidos. Ou seja, após o aceite, ambas as partes envolvidas ficam resguardadas com a infraestrutura de agente certificador da Clicksign.

“Acompanhar as necessidades dos nossos clientes, oferecendo a melhor experiência de uso com atendimento de profissionais e funcionalidades direcionadas para atendê-los de forma individualizada, está no nosso DNA. Nos tornamos uma referência em assinaturas eletrônicas e digitais. Agora, como parte natural da evolução do nosso negócio, vamos em busca de mercados ainda maiores. E para marcar este momento, investimos em uma série de novidades, com o Aceite via WhatsApp sendo a primeira etapa dessa estratégia”, explica Michael Bernstein, Chief Technology Officer (CTO) e cofundador da Clicksign.

Há mais de 10 anos no mercado brasileiro e com uma trajetória que inclui mais de 20 milhões de documentos assinados via plataforma Clicksign e 30 mil clientes atendidos, com 10 tipos de autenticações, como Token via e-mail e Pix, a empresa quer ser reconhecida como referência em soluções completas para a otimização de todo o negócio a partir da formalização de transações de maneira ágil e otimizada e não somente como uma provedora de tecnologia para assinaturas digitais e eletrônicas.

Segundo Bernstein, alguns setores ainda encontram muita burocracia e falta de agilidade em questões que deveriam ser muito mais ágeis. Por isso, a nova solução chega não só para otimizar, mas para transformar toda a operação e gerar uma grande economia de tempo e recurso. “Um exemplo para ilustrar a efetividade da ferramenta seria uma escola que precisa da autorização dos pais/responsáveis para um passeio e necessita enviar o documento para formalização, ou uma agência de publicidade que quer acordar um novo fee mensal. Em ambos os casos, os acordos que antes demandavam uma assinatura de documento físico ou uma troca de e-mails, agora serão rapidamente concluídos pelo WhatsApp”, afirma.

A nova funcionalidade deve atrair a atenção de empresas de diversos segmentos que queiram desburocratizar a formalização de acordos. Mas, também, pode ser utilizada em situações onde o cliente/destinatário tenha acesso restrito a e-mails ou não consiga usá-los.

Serviço
www.clicksign.com

Aceite

Assinatura digital

assinatura eletrônica

automação

Clicksign

WhatsApp

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado.


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.