book_icon

AMD usa infraestrutura do Google Cloud para design de chips

A AMD também aproveitará os recursos globais de rede, armazenamento, IA/ML do Google Cloud para aprimorar sua estratégia híbrida e Multicloud para cargas de trabalho de EDA

AMD usa infraestrutura do Google Cloud para design de chips

O Google Cloud e a AMD anunciaram nesta quinta-feira (19/5) uma parceria de tecnologia na qual a AMD executará a automação de design eletrônico (EDA) para suas cargas de trabalho de design de chip no Google Cloud, estendendo ainda mais o local capacidades dos Data Centers da fabricante de chips. A AMD também aproveitará os recursos globais de rede, armazenamento, Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina do Google Cloud para aprimorar ainda mais sua estratégia híbrida e Multicloud para cargas de trabalho de EDA.

Temos o prazer de fornecer a infraestrutura necessária para atender às necessidades de desempenho de computação da AMD e equipar a empresa com nossas soluções de IA para continuar projetando chips inovadores

Escala, elasticidade e utilização eficiente de recursos desempenham papéis críticos no design de chips, principalmente porque a demanda por processamento de computação cresce com cada avanço de nó. Para permanecer flexível e dimensionar facilmente, a AMD adicionará a mais nova instância de VM C2D otimizada para computação do Google Cloud, com processadores AMD EPYC de 3ª geração, ao seu conjunto de recursos focados em cargas de trabalho de EDA. Ao aproveitar o Google Cloud, a AMD prevê executar mais projetos em paralelo, dando à equipe mais flexibilidade para gerenciar demandas de computação de curto prazo, sem reduzir a alocação em projetos de longo prazo.

“No ambiente de semicondutores de hoje, a velocidade, escala e segurança da Nuvem liberam a flexibilidade necessária”, disse Sachin Gupta, gerente-geral e vice-presidente de Infraestrutura do Google Cloud. “Temos o prazer de fornecer a infraestrutura necessária para atender às necessidades de desempenho de computação da AMD e equipar a empresa com nossas soluções de IA para continuar projetando chips inovadores”, completou.

“Aproveitar as instâncias C2D do Google Cloud com processadores EPYC de 3ª geração para nossas cargas de trabalho de EDA complexas ajudou tremendamente nossas equipes de engenharia e TI. O C2D nos permitiu ser mais flexíveis e forneceu uma nova avenida de recursos de alto desempenho que nos permite combinar a solução de computação certa para nossos complexos fluxos de trabalho de EDA”, disse Mydung Pham , vice-presidente corporativo de Engenharia de Design de Silício da AMD. “Estamos felizes em trabalhar com o Google Cloud para aproveitar sua riqueza de recursos de Nuvem e os recursos do EPYC de 3ª geração”, comentou.

Por meio dessa parceria tecnológica de vários anos, o Google Cloud e a AMD continuarão a explorar novos recursos e inovações, enquanto a AMD desfrutará de benefícios como:

– Maior flexibilidade e escolha para executar aplicativos da maneira mais eficiente possível;

– Design e operações aprimorados com ferramentas e estruturas aplicadas de Inteligência Artificial e machine learning do Google Cloud;

– Mais transparência com custos e consumo de recursos;

– Maior agilidade e menos dependência do fornecedor.

Serviço
www.amd.com
cloud.google.com

AMD

Design de Chip

EDA

Epyc

Google Cloud

IA

ML

MultiCloud

Nuvem

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.