book_icon

Como a gestão de projetos abre portas para uma transformação organizacional?

Frente a novas demandas estratégicas e o avanço da Transformação Digital, é essencial que a gestão de projetos adote práticas condizentes com os tempos atuais.

A cultura organizacional representa a filosofia de trabalho adotada por uma empresa, ditando costumes, formatos de atuação, sistemas operacionais, entre outros elementos que compõem o dia a dia de empresas de portes e segmentos variados. Dada a sua relevância, como uma estrutura de sustentação para que os processos caminhem, é preciso garantir que, culturalmente, os profissionais estejam respaldados por um ambiente de atualização contínua. Sem dúvidas, a gestão de projetos pode contribuir nesse sentido, identificando pontos de melhoria e atribuindo uma linguagem compatível com a presença de novas tecnologias.

Por se tratar de uma mudança cultural bastante complexa, que demanda tempo e a participação de todos os colaboradores envolvidos, deve-se visualizar o tema com a devida seriedade, sempre partindo do princípio de que nenhuma realidade corporativa é similar à outra, e aspectos circunstanciais também não estão fora dessa equação. De todo modo, o que se mostra concreto dentro desse contexto é a importância de um gerenciamento de projetos que fale a mesma língua dos profissionais, a fim de suprir as principais necessidades apresentadas pela companhia.

O que uma cultura organizacional desalinhada pode provocar?
Em um espaço empresarial com pouca harmonia entre os departamentos e lideranças dispersas, o cenário para a execução de projetos fica extremamente fragilizado. Sem caminhos definidos, aumentam-se as chances de gargalos surgirem, além de falhas que, mesmo pequenas, podem culminar em um conjunto de situações problemáticas capazes de sufocar a equipe. Hoje, o nível esperado de competitividade e desempenho por parte das empresas se encontra nas alturas, e o primeiro passo para conquistar esse patamar de produtividade é investir em uma cultura organizacional efetiva, segura e encabeçada por líderes realmente engajados.

Por possuir uma perspectiva macro sobre o negócio, o gestor de projetos pode apontar mecanismos que possibilitem um maior amadurecimento de ideias que deixem o campo teórico e se convertam em práticas atuais. Em uma simbiose bem-vinda, no fim, uma cultura organizacional consolidada beneficiará a execução de projetos, impactando, positivamente, tópicos relacionados a prazos, escopos orçamentários, assim como os ganhos de eficiência e agilidade processual.

Dinamismo, resiliência e a normalização da tecnologia
Diante a Transformação Digital como realidade no meio corporativo brasileiro, a tendência é de que cada vez mais a tecnologia seja um componente crucial para a introdução de metodologias inovadoras no cotidiano operacional. De certo, isso traz novos elementos para o debate. Como normalizar a inovação de modo que a mesma esteja ao alcance do colaborador? É preciso torná-la parte da governança em sua totalidade, no intuito de que permaneça integrada à atuação como um agente simplificador.

Olhando para o presente e também o futuro, é possível afirmar que o dinamismo é um requisito obrigatório para companhias que desejam acompanhar a evolução do mercado, em prol de mais flexibilidade para enfrentar adversidades que não deixarão de surgir. Ser disruptivo é uma meta compartilhada por muitos, mas que exige a união entre o uso otimizado de soluções tecnológicas e um ambiente cultural preparado para recebê-las.

Encerrando o artigo, volto a enfatizar que a gestão de projetos tem plenas condições de contribuir para a normalização da tecnologia na rotina de operações, de forma que todos estejam falando a mesma língua, em uma sinergia que só tende a potencializar o protagonismo dos profissionais. O resultado é uma cultura organizacional capaz de absorver projetos transformadores e superar desafios dos mais diversos níveis de complexidade.

Por Ana Luiza Milan é cofundadora e líder de Operações na Receiv.

Ana Luiza Milan

disruptivo

Gestão de Projetos

Receiv

Transformação Organizacional

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento