book_icon

Três tendências digitais para o futuro da educação

Educadores alternam métodos de ensino e aprendizagem graças a ferramentas tecnológicas

Três tendências digitais para o futuro da educação

Os professores tiveram de se adaptar ao ensino remoto por conta da pandemia de Covid-19, que trouxe um avanço na Transformação Digital em todos os setores, principalmente no educacional. Com a evolução da vacinação no País, algumas escolas retomaram as aulas e outras continuam no ensino online. O especialista no mercado educacional e gerente B2B da Wacom no Brasil, Gustavo Pedrazini, fala sobre as principais tendências educacionais pós-pandemia.

Segundo estudo publicado em 2021, da BlinkLearning, sobre o uso da tecnologia na educação, 85% dos professores recomendam o uso de tecnologias para o ensino. Nesse Dia do Professor, celebrado em 15 de outubro, vale ressaltar os desafios que esses importantes profissionais terão que conviver no futuro.

No novo formato de ensino, a colaboração entre alunos e professores é essencial, pois deve haver conexão e interação entre eles. Já há diversas opções de softwares e aplicativos, pagos e gratuitos, que podem auxiliar nesses objetivos

“Os professores estão se tornando cada vez mais criativos e dinâmicos com o uso de ferramentas digitais, que os auxiliam no ambiente digital, o qual, tem se transformado em um lugar de conexão entre professor e aluno”, comenta Gustavo Pedrazini, gerente B2B na Wacom Brasil e especialista no setor educacional.
Confira abaixo as principais tendências digitais para professores ficarem atentos.

Ensino híbrido
O sistema de ensino híbrido se tornou uma tendência que deve permanecer pós-pandemia. Segundo o estudo BlinkLearning, 75% dos professores usam diariamente as ferramentas digitais para ministrar suas aulas. O ensino híbrido ainda garante que os alunos tenham acesso ao conteúdo de forma inovadora e interativa, mantendo o convívio social em salas de aulas regularmente.

A Wacom oferece vários produtos que podem ser utilizados para facilitar essa rotina do educador. O monitor interativo Wacom One permite que educadores criem os próprios conteúdos com a vantagem de uma segunda tela. Além disso, oferece conexão USB com PC Windows, MAC e dispositivo Android, sendo compatível também com Chromebook.

Para facilitar o uso do monitor interativo, as canetas digitais da Wacom podem ser utilizadas para substituir o mouse. São ergonômicas e de fácil adaptação, tornando possível controlar o movimento do cursor. Além de proporcionar sensibilidade à pressão na hora de escrever ou desenhar. As canetas Wacom são leves e não possuem fios e bateria, tornando possível o uso por horas ininterruptas.

 Aumento do uso de aparelhos mobile
Os aparelhos mobile, como celular, tablets, notebooks e mesas digitalizadoras, tiveram grande aumento durante a pandemia. Segundo dados revelados pela Gartner, o número de dispositivos em uso no planeta terá uma alta em unidades de 125 milhões em 2021. Esses aparelhos, além de serem de fácil e rápido acesso, se tornaram meios que são simples de levar para qualquer lugar. A tendência é que haja continuidade desse movimento.

As mesas digitalizadoras da Wacom, como a Wacom Intuos podem ser uma opção quando se fala em mobilidade. A mesa digitalizadora é compacta, leve e de fácil adaptação. Além de proporcionar conexão via USB com PC Windows, MAC, ainda conecta com dispositivos Android.

Aprendizagem colaborativa
No novo formato de ensino, a colaboração entre alunos e professores é essencial, pois deve haver conexão e interação entre eles. Já há diversas opções de softwares e aplicativos, pagos e gratuitos, que podem auxiliar nesses objetivos.

A Wacom tem parcerias com cinco softwares especializados que auxiliam professores no ensino remoto, e podem ser usados por até 6 meses na compra de um produto Wacom. Um dos softwres é o Limnu, que atua como um quadro branco online com videoconferência integrada e permite a colaboração em tempo real. Ainda acompanha funções para anotações e desenhos colaborativo.

Outra opção do mercado é o Explain Everything. Também é um quadro branco colaborativo, que permite gravações de vídeo, e funciona no Android, iOS, Chromebook e navegador da web. Já o Collaboard é um aplicativo que permite a colaboração em tempo real com tela infinita.

Serviço
www.minhawacom.com.br/onde-comprar/

Aprendizagem colaborativa

BlinkLearning

ensino híbrido

Gartner

Gustavo Pedrazini

Transformação Digital

Wacom no Brasil

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento