book_icon

Mercado de PCs cresceu 13% no segundo trimestre, afirma IDC

Embora o crescimento anual permaneça bastante elevado, ele começou a diminuir, uma vez que a taxa de  13% no 2T21 é muito inferior ao crescimento de 55,9% no 1T21 e de 25,8% no 4T20

Mercado de PCs cresceu 13% no segundo trimestre, afirma IDC

As vendas de PCs continuaram forte durante o segundo trimestre de 2021 (2T21), apesar da escassez global de componentes e problemas de logística. As remessas mundiais de computadores tradicionais, incluindo desktops, notebooks e estações de trabalho, chegaram a 83,6 milhões de unidades no 2T21, um aumento de 13,2% em comparação ao segundo trimestre de 2020, de acordo com resultados preliminares do estudo Worldwide Quarterly Personal Computing Device Tracker, da IDC. A alta demanda por PCs, combinada com a escassez que impactou fortemente o fornecimento de notebooks, levou a um crescimento nas vendas de desktops, ultrapassando o de computadores portáteis durante o trimestre.

A Lenovo encabeça o ranking de fabricantes, com vendas pouco superior a 20 milhões de unidades no segundo trimestre deste ano, o que representou quase 24% de market share

“A onda de sucesso do mercado de PCs continuou a impulsionar grandes investimentos do lado da oferta, incluindo a entrada de novos fornecedores, bem como gastos adicionais de oprimidos”, disse Jitesh Ubrani , gerente de Pesquisa para Mobile and Consumer Device Trackers da IDC. “E enquanto os cinco primeiros continuam a impulsionar o volume, os fornecedores menores ajudaram a impulsionar o crescimento, oferecendo recursos exclusivos ou designs de nicho”, explicou

Embora o crescimento anual permaneça bastante elevado, ele começou a diminuir uma vez que a taxa de 13% no 2T21 é muito inferior ao crescimento de 55,9% no 1T21 e de 25,8% no 4T20. “O mercado enfrenta sinais mistos no que diz respeito à demanda”, disse Neha Mahajan, analista sênior de Pesquisa do Grupo de Dispositivos e Monitores da IDC. “Com os negócios se abrindo novamente, o potencial de demanda no segmento comercial parece promissor. No entanto, também há indicadores iniciais de desaceleração da demanda do consumidor, à medida que as pessoas mudam as prioridades de gastos após quase um ano de compras agressivas de PCs”, comentou.

No levantamento da IDC, a Lenovo encabeça o ranking de fabricantes, com vendas pouco superior a 20 milhões de unidades no segundo trimestre deste ano, o que representou quase 24% de market share. Em comparação aos 17,4 milhões de computadores vendidos no segundo trimestre de 2020, o crescimento foi de quase 15%. No segundo lugar no ranking ficou a HP, com 18,5 milhões de unidades vendidas (market share de 22%), seguida da Dell, com remessas de quase 14 milhões de unidades (16,7%).

Serviço
www.idc.com

Dell

desktop

Estação de trabalho

HP

IDC

Lenovo

notebook

pc

venda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TENDÊNCIAS

Tecnologias imersivas ganham impulso nos negócios

Leia nessa edição sobre carreira

INDÚSTRIA 4.0

Fábrica conectada

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SERVIÇOS

Trunfos dos menores

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

TENDÊNCIAS

A casa também foi para a Nuvem

Julho| 2021 | #48 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento