book_icon

As estratégias de segurança em tempos de trabalho híbrido

Pesquisa da Check Point mostra o impacto da pandemia e até que ponto o trabalho remoto afetou a postura de segurança das empresas

As estratégias de segurança em tempos de trabalho híbrido

A Check Point Software Technologies, fornecedora global de soluções de cibersegurança, revelou os resultados de uma pesquisa recente que mostra como as organizações foram afetadas pela pandemia, especialmente quando se trata de TI e estratégias de segurança, incluindo até que ponto o trabalho remoto afetou a postura de segurança das empresas, a sobrecarga operacional e seu impacto sobre os usuários.

Os resultados da pesquisa Segurança de Trabalho Remoto e Híbrido 2021 estão baseados nas respostas de 450 profissionais de TI e segurança entrevistados, dos quais 50% ocupam funções gerenciais ou de gestão sênior (diretores, vice-presidentes ou executivos de nível C). Os respondentes pertencem às seguintes regiões: Europa (33%), América do Norte (21%), Ásia Pacífico (18%), Oriente Médio (14%), América Latina (7%) e África (7%).

A estrutura SASE consolida serviços em Nuvem para minimizar as superfícies de ataque e melhorar a experiência do usuário

As ameaças e os ataques cibernéticos aumentaram à medida que os hackers aproveitaram a movimentação das empresas para o trabalho remoto e híbrido e esta pesquisa confirma que há uma mudança crescente em direção à segurança baseada em Nuvem e às soluções SASE. Ao passo que as organizações permitem que seus funcionários acessem recursos corporativos remotamente, o modelo SASE aborda as limitações das arquiteturas de rede tradicionais, convergindo rede e segurança na nuvem.

Entre as principais conclusões da pesquisa, uma das mais proeminentes é até que ponto o trabalho remoto afetou a postura de segurança nas organizações, as despesas operacionais e o impacto sobre os usuários estão:

O trabalho remoto traz maior risco: de acordo com 45% de todos os entrevistados, as organizações correm maior risco de ataques cibernéticos quando mudam para o trabalho remoto. Os setores que relataram o nível mais alto de ataques cibernéticos foram finanças (54%), serviços públicos (52%) e manufatura (47%).

Desafios de administração: os três principais problemas enfrentados pelos profissionais de TI e segurança são aumentar o desempenho (46%), abordar questões de privacidade e o uso de dados (42%) e oferecer suporte ao acesso remoto para dispositivos não gerenciados de funcionários (40%).

Estratégias para expandir o acesso remoto: para atender ao aumento da demanda por funcionários remoto, 69% dos profissionais de segurança relatam que estão adicionando capacidade local; 66% estão migrando para a segurança baseada na Nuvem e, surpreendentemente, 36% fazem as duas coisas.

Proteção de aplicativos acessados remotamente: ao permitir o acesso remoto a aplicativos corporativos, 70% consideram a segurança dos aplicativos contra os ataques cibernéticos e ameaças de dia zero como de grande importância.

Adoção da tecnologia com conceito SASE: 94% estão familiarizados com a estrutura de borda de serviços de acesso seguro; mas, a adoção é lenta, com 9% tendo já implementado e 21% planejando fazê-lo.

“A mudança para o trabalho remoto e híbrido é um dos movimentos mais importantes que ocorreram como resultado da pandemia da Covid-19. Muitas organizações tiveram que comprometer o desempenho e a proteção da rede em seus ambientes distribuídos porque utilizam vários produtos pontuais e diferentes, o que leva à complexidade do gerenciamento e à visibilidade fragmentada da ameaça”, diz Rafi Kretchmer, vice-presidente de Marketing de Produto da Check Point Software. “Esta pesquisa confirma que muitas organizações sentem que estão ainda mais em risco e há uma mudança crescente em direção à segurança baseada na Nuvem. A estrutura SASE consolida serviços em Nuvem para minimizar as superfícies de ataque e melhorar a experiência do usuário”, comentou.

A pesquisa também revelou a adoção dupla da previsão de segurança na Nuvem e no local. Por conveniência, pode ser mais fácil adicionar capacidade às soluções atuais, em vez de retirá-las e substituí-las por outras completamente novas. Como alternativa, isso pode refletir uma abordagem em fases para adotar serviços baseados em Nuvem ou pode ser o resultado de considerações de residência de dados.

No entanto, 66% dos entrevistados usam serviços de segurança baseados em Nuvem para aumentar o acesso remoto e 61% consideram que estes serviços essenciais para expandir o acesso remoto (incluindo 83% da alta administração).

Agora, mais do que nunca, devido aos efeitos de longo prazo que o trabalho remoto terá nas necessidades e arquitetura de segurança de dados, serviços de segurança baseados em Nuvem e tecnologia de Borda de serviço de acesso seguro (SASE) estão ganhando interesse à medida que resolvem a necessidade urgente de fornecer rápida conectividade e segurança confiável para qualquer usuário, independentemente do dispositivo, local ou recurso de destino. Com os usuários trabalhando em qualquer lugar, os serviços em Nuvem melhoram o desempenho e a disponibilidade em escala global.

Serviço
www.checkpoint.com

Check Point

Nuvem

pesquisa

Sase

segurança

trabalho remoto

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TENDÊNCIAS

Tecnologias imersivas ganham impulso nos negócios

Leia nessa edição sobre carreira

INDÚSTRIA 4.0

Fábrica conectada

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SERVIÇOS

Trunfos dos menores

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

TENDÊNCIAS

A casa também foi para a Nuvem

Julho| 2021 | #48 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento