book_icon

AWS disponibiliza serviço de entrega de aplicativos

O AWS Proton facilita provisionar, implantar e monitorar os microsserviços que formam a base de aplicativos de contêiner e sem servidor

AWS disponibiliza serviço de entrega de aplicativos

A Amazon Web Services (AWS) anunciou a disponibilidade geral do AWS Proton, um serviço de entrega de aplicativos que torna mais fácil para os clientes provisionar, implantar e monitorar os microsserviços que formam a base de aplicativos modernos de contêiner e sem servidor. Com o AWS Proton, a equipe de infraestrutura de um cliente cria camadas de aplicativos padrão que definem a arquitetura, recursos de infraestrutura, pipeline de CI/CD (integração contínua e entrega contínua) e ferramentas de observabilidade – e então disponibiliza essas camadas para seus desenvolvedores.

O AWS Proton é um serviço de entrega de aplicativos que ajuda as equipes de plataforma a fornecer uma maneira fácil para seus desenvolvedores provisionarem, implantarem e monitorarem aplicativos

Os desenvolvedores podem usar a interface de autoatendimento do AWS Proton para selecionar uma camada de aplicativos para uso com seu código. O serviço provisiona automaticamente os recursos para a camada de aplicativos selecionada, implanta o código e configura o monitoramento para que os desenvolvedores possam começar a construir aplicativos sem servidor e de contêiner sem ter de aprender, configurar ou manter os recursos subjacentes. Não há compromissos ou taxas iniciais para usar o AWS Proton, e os clientes pagam apenas pelos serviços usados ​​para criar, dimensionar e executar seus aplicativos.

Segundo informações, os aplicativos de contêiner e sem servidor aumentam a agilidade de uma organização e reduzem sua carga operacional; no entanto, eles também mudam a maneira como os clientes implantam e gerenciam seu código. Hoje, quando os desenvolvedores criam aplicativos tradicionais na instância Amazon Elastic Compute Cloud (AmazonEC2), os aplicativos são frequentemente construídos como um único bloco de código, e existem ferramentas que os ajudam a desenvolver e implantar seu código – como modelos AWS CloudFormation (para provisionar a infraestrutura), AWS CodePipeline (para configurar o Processo de CI/CD), e Amazon CloudWatch (para monitorar as implantações). Assim que os clientes colocarem um aplicativo em funcionamento no EC2, os componentes do aplicativo normalmente não mudam muito. Para esses aplicativos, o código geralmente é mantido em uma única versão, portanto, mantê-lo coordenado é relativamente fácil.

Desafios

Por outro lado, os aplicativos de contêiner e sem servidor são montados a partir de vários pedaços menores de código (microsserviços), que muitas vezes são desenvolvidos e mantidos de forma independente e, em seguida, agrupados para construir e dimensionar um aplicativo. Cada microsserviço tem sua própria infraestrutura separada, modelos de código, pipelines de CI/CD e monitoramento, que devem ser atualizados e mantidos. Frequentemente, esses microsserviços são desenvolvidos e operados por equipes diferentes, de modo que essas equipes têm a liberdade de atualizar os componentes em seu próprio ritmo. Isso resulta em mudanças acontecendo com mais frequência do que com os aplicativos tradicionais.

À medida que os clientes adotam cada vez mais aplicativos de contêineres e sem servidor, eles descobriram que gerenciar centenas, ou até milhares, de microsserviços com recursos de infraestrutura, implantações de código em constante mudança e diferentes, e as ferramentas de monitoramento podem ser uma tarefa desafiadora até mesmo para as equipes mais capazes.

Os clientes não têm uma solução integrada que reúna todas as tarefas, incluindo provisionamento de recursos, implantações de código e monitoramento. As equipes de infraestrutura central tentam fornecer orientação aos seus desenvolvedores e algumas até criaram suas próprias ferramentas personalizadas para ajudar os desenvolvedores a implementar as práticas recomendadas.

O AWS Proton é um serviço de entrega de aplicativos que ajuda as equipes de plataforma a fornecer uma maneira fácil para seus desenvolvedores provisionarem, implantarem e monitorarem aplicativos quando a unidade de computação é dinâmica, como com contêineres e sem servidor. O AWS Proton permite que os clientes definam os componentes do aplicativo como uma camada, o que cria tudo o que é necessário para provisionar, implantar e monitorar um aplicativo, incluindo computação, rede, pipeline de código, segurança e monitoramento.

O AWS Proton inclui camadas de aplicativos selecionados com práticas recomendadas integradas da AWS (para segurança, arquitetura e ferramentas), para que as equipes de infraestrutura possam distribuir camadas confiáveis ​​de maneira rápida e fácil para suas equipes de desenvolvimento. A equipe de infraestrutura central de um cliente pode facilmente criar e publicar uma camada no console AWS Proton.

Serviço
aws.amazon.com

aplicativo

AWS

Contêiner

Microsserviço

Monitoramento

Nuvem

Proton

segurança

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento