book_icon

CrowdStrike e Google Cloud ampliam parceria em segurança

Novas integrações permitirão um compartilhamento mais contínuo de telemetria e dados entre as plataformas de segurança

CrowdStrike e Google Cloud ampliam parceria em segurança

A empresa de segurança CrowdStrike, provedora de plataforma de proteção de endpoint e carga de trabalho, e o Google Cloud anunciaram nesta segunda-feira (10/5) uma série de integrações de produtos para oferecer aos clientes conjuntos segurança de defesa em profundidade, visibilidade abrangente e proteção a carga de trabalho em escala em ambientes de Nuvem híbrida. Essas integrações permitirão um compartilhamento mais contínuo de telemetria e dados entre as duas plataformas de segurança, ajudando a manter altos níveis de proteção em todo o ambiente.

Sob essa parceria ampliada, a CrowdStrike integrará estreitamente sua plataforma CrowdStrike Falcon ao pacote de produtos de segurança do Google Cloud, incluindo Chronicle, VirusTotal Enterprise e Google Cloud Security Command Center (SCC), ajudando as equipes de segurança a aumentar a visibilidade das ameaças em implantações de Nuvem pública e híbridas, e permitindo que ajam muito mais rapidamente para enfrentá-los.

O SCC do Google Cloud agregará alertas e eventos da plataforma CrowdStrike Falcon, que ajuda a fornecer uma visão única e abrangente de segurança e conformidade em um ambiente de Nuvem do cliente

“O ano passado forçou as organizações a impulsionarem sua transformação digital em ritmo recorde para dar suporte a forças de trabalho remotas. No entanto, isso não pode ser feito sem a transformação da segurança, a fim de proteger a presença da Nuvem das organizações”, disse Amol Kulkarni, diretor de Produtos da CrowdStrike. “É por isso que temos orgulho de expandir nossa parceria com o Google Cloud e oferecer integrações mais profundas com seus recursos de segurança. Essas integrações são alimentadas por nossa telemetria de IA para fornecer inteligência contextual e acionável que acelera a resposta a incidentes para melhor proteger as cargas de trabalho em Nuvem de atividades de ameaças sofisticadas”, completou.

“Os problemas de segurança continuam a perturbar as empresas em todos os setores, levando muitos a modernizar seus planos e operações de segurança com a Nuvem. Ao mesmo tempo, os invasores continuam a se tornar mais sofisticados e a desenvolver métodos de ataque ”, disse Sunil Potti, vice-presidente e gerente geral do Google Cloud Security. “Nossa parceria ampliada com a CrowdStrike ajuda nossos clientes conjuntos a aproveitar ao máximo seus investimentos em segurança e obter defesas em vários níveis, que só podem ser fornecidas pelo poder da Nuvem”, afirmou.

As novas integrações entre a plataforma Falcon da CrowdStrike e o Google Cloud incluem o mecanismo de análise de segurança do Google Cloud, Chronicle, que se integrará à plataforma CrowdStrike Falcon, que processa mais de 5 trilhões de eventos relacionados a endpoint por semana, permitindo que as equipes de segurança analisem mais facilmente a telemetria de endpoint e carga de trabalho para encontrar e lidar com ameaças rapidamente. As equipes também serão capazes de correlacionar petabytes de dados do Chronicle com conjuntos de dados da plataforma Falcon, permitindo que investiguem completamente ataques de longo prazo e interrompam novos.

Outro recurso é o VirusTotal, uma plataforma de coleta de malware crowdsourced, que se integrará ao CrowdStrike Falcon e estará disponível na CrowdStrike Store , permitindo que as equipes de segurança cibernética pesquisem e identifiquem rapidamente arquivos ou URLs relevantes para uma investigação e descubram ameaças anteriormente desconhecidas. A integração do VirusTotal com a plataforma Falcon também permitirá que os clientes rastreiem adversários de maneira mais eficaz e gerem regras de detecção que podem eliminar pontos cegos em sua Nuvem e infraestrutura híbrida.

O SCC do Google Cloud agregará alertas e eventos da plataforma CrowdStrike Falcon, que ajuda a fornecer uma visão única e abrangente de segurança e conformidade em um ambiente de Nuvem do cliente. Esse console de gerenciamento unificado torna muito mais fácil para as equipes de segurança manterem visibilidade e controle sobre seu ambiente e priorizar violações e investigar alertas mais rapidamente.

O BeyondCorp Enterprise e o Google Workspace do Google Cloud também se integrarão ao Falcon Zero Trust Assessment (ZTA) para permitir que clientes conjuntos criem e apliquem políticas de acesso granular a aplicativos usando os sinais de risco exclusivos da CrowdStrike, fortalecendo as iniciativas de Zero Trust. Além disso, a CrowdStrike oferecerá integrações com o Security Agent Deployment do Google Cloud, aproveitando o gerenciamento de configuração do sistema operacional para uma implantação de sensor automatizada e escalonável.

Serviço
www.crowdstrike.com

CrowdStrike

CrowdStrike Falcon

Endpoint

Google Cloud

Nuvem

segurança

zero trust

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edição sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento