book_icon

Sienge lança integração BIM que proporciona ganhos no tempo de concepção de projetos

Nova funcionalidade da plataforma, Sienge BIM proporciona conexão em tempo real entre projeto e orçamento, com integração ao Revit, da Autodesk, e eleva confiabilidade na gestão de informações entre projetistas, escritório e canteiro
Sienge lança integração BIM que proporciona ganhos no tempo de concepção de projetos

O Sienge, solução em gestão na área de construção civil, acaba de lançar o Sienge BIM, integração BIM única no mercado. A funcionalidade possibilita aos seus clientes integrarem projetos dentro de softwares de modelagem BIM, como o Revit, da Autodesk, e proporciona até 40% de economia no tempo despendido por arquitetos, projetistas e orçamentistas de incorporadoras e construtoras.
Isso porque, diferente de outros players do mercado, que exigem a manipulação de arquivos, o Sienge BIM funciona em tempo real, pois se conecta diretamente ao Revit por meio de um plugin. Este, além de fornecido pelo Sienge mediante contratação da integração, também pode ser instalado a partir da loja da Autodesk.

A interligação proporcionada pelo Sienge BIM resulta na geração de orçamentos 5D  

“Estruturamos esse produto no início desse ano, pois percebemos que ele facilita a vida do nosso cliente e aumenta a produtividade dele. Agimos rápido, contratamos profissionais e investimos em tecnologia para possibilitar essa integração dentro do Sienge Plataforma”, comenta Giseli Anversa, do Sienge.
A interligação proporcionada pelo Sienge BIM resulta na geração de orçamentos 5D. Ou seja, que, de modo geral, permitem extrair os dados quantitativos necessários para o orçamento direto do modelo BIM e fazer sua inserção no controle de custo que o Sienge oferece. Assim, o Sienge BIM permite a entrega de um orçamento muito mais assertivo e, consequentemente, rápido, por se tratar de uma integração completa.
“É um processo colaborativo, de troca de informações, que está totalmente relacionado ao BIM. A API serve como interface, uma ponte de ligação, entre diferentes programas, facilitando, assim, a integração entre eles”, comenta Anversa.
Usar BIM é ter um projeto sem perda de informação e em que todos os envolvidos – projetistas, engenheiros, gestores, contratantes e contratados – interagem entre si, compartilham dados e tomam decisões com base em um modelo virtual de fácil entendimento. Tudo isso apoiado em uma base de dados única, padronizada e alimentada por todos, em tempo real, conforme o projeto evolui.
Devido à importância do tema e seguindo o pioneirismo presente no DNA da empresa, o Sienge, junto com a Grant Thornton, acabou de concluir a maior pesquisa sobre adoção da metodologia BIM no Brasil. Dados coletados das principais construtoras e incorporadoras do Brasil mostram que, atualmente, 38,4% das empresas participantes do estudo já utilizam o BIM, principalmente, nas regiões Sul e Sudeste do País. Além disso, 70% das empresas de construção brasileiras pretendem adotar a metodologia BIM nos próximos dois anos.
O Sienge é uma solução de gestão para a indústria da construção. Com quase 30 anos de mercado e mais de 3 mil clientes, o Sienge é voltado para facilitar o cotidiano das construtoras e incorporadoras. Além disso, a empresa disponibiliza ao mercado uma plataforma altamente tecnológica de conteúdo para os mercados da construção civil.
Serviço
www.sienge.com.br
www.sienge.com.br/relatorio-mapeamento-de-maturidade-bim
 

Autodesk

Giseli Anversa

integração BIM

Revit

Sienge

Sienge BIM

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.