book_icon

Intel lança GPU para notebooks finos

Novo produto tem como base a mesma microarquitetura Xe-LP usada em recursos gráficos pelos processadores móveis Intel Core 11
Intel lança GPU para notebooks finos

A Intel lançou o processador gráfico (GPU) Iris Xe MAX, desenvolvido para laptops finos e leves e já disponível para parceiros. Segundo a fabricante, a solução tem como base a mesma microarquitetura Xe-LP usada em recursos gráficos pelos processadores móveis Intel Core de 11ª Geração. Trata-se da primeira Unidade de Processamento Gráfico (GPU) baseada na plataforma Xe da Intel, peça fundamental na estratégia da empresa para entrar no mercado de gráficos discretos. As plataformas Intel Iris Xe MAX contam com tecnologia Deep Link embutida no Intel Adaptix, oferecem suporte PCIe de 4ª Geração e atendem a uma busca crescente por desempenho na criação de conteúdo em laptops finos e leves.
“Decidimos redefinir o papel dos gráficos discretos em laptops finos e leves e atender a um segmento crescente de criadores em busca de portabilidade. Os gráficos Intel Iris Xe MAX e a tecnologia Deep Link são exemplos do tipo de inovação de nível de plataforma que a Intel planeja lançar no futuro e que faz parte do nosso planejamento de tecnologia escalável Xe”, afirma Roger Chandler, vice-presidente e diretor geral para Client XPU Product and Solutions no Intel Architecture, Graphics and Software Group.

A GPU de servidor baseada em tecnologia Xe –LP será lançada ainda esse ano e os produtos Xe-HP e Xe -HPG estarão disponíveis em 2021  

A microarquitetura Xe-LP foi apresentada em agosto passado no Intel Architecture Day para proporcionar desempenho avançado a plataformas móveis. O novo produto, combinado com os processadores móveis Intel Core 11, oferece gráficos de alta qualidade e com baixo consumo de energia, além de Inteligência Artificial (IA) de ponta, possibilitando novas experiências, acesso dos desenvolvedores a um ambiente de software mais aberto e comum, além de simplificar a distribuição e validação de drivers para os clientes.
O Deep Link agrega diversos mecanismos de processamento em uma estrutura de software comum, levando novas capacidades e desempenho superior aos PCs. A estrutura favorece a criatividade do usuário de laptops finos e leves por meio da maximização do desempenho da CPU, aumentando o desempenho de criação com uso de IA e levando a codificação líder da indústria ainda mais longe.
De acordo com a fabricante, a tecnologia Deep Link reúne mecanismos de processamento em uma estrutura de software comum, permitindo que os desenvolvedores de software aumentem significativamente o desempenho da carga de trabalho para a criação de seus conteúdos. As aplicações são capazes de escalonar certas cargas em gráficos integrados e discretos. Um recurso adicional de IA permite inferir e renderizar em ambas as GPUs para acelerar o trabalho de criação de conteúdo. A combinação de mecanismos de codificação de ponta em cada GPU por meio de hipercodificação, possibilita a renderização de vídeos para revisão ou compartilhamento.
Disponibilidade
Os primeiros aplicativos habilitados para Deep Link usam o Intel Media SDK, o conjunto de ferramentas de distribuição OpenVINO e VTune Profiler, para quem deseja acessar todo o poder da plataforma. Os desenvolvedores também poderão usar a tecnologia Deep Link por meio de conjuntos de ferramentas de arquitetura cruzada oneAPI da Intel.
A Intel está oferecendo duas promoções de pacote de jogos e aplicativos para criadores. Um conjunto de sistemas baseado no processador Intel Core 11 foi disponibilizado no último dia 3 de novembro. Outro conjunto exclusivo para sistemas baseados no Intel Iris Xe MAX está disponível na Amazon.com e demais varejistas participantes.
A arquitetura Xe é uma arquitetura gráfica totalmente escalonável, que atenderá a muitos mercados, desde gráficos integrados e jogos discretos de nível básico até jogos de ponta e gráficos de centro de dados a cargas de trabalho de HPC e AI. Além dos dispositivos móveis, a Intel está trabalhando com seus parceiros para que os gráficos discretos baseados em Xe-LP também possam ser acessados por usuários de PC ainda no primeiro semestre de 2021. A GPU de servidor baseada em tecnologia Xe –LP será lançada ainda esse ano e os produtos Xe-HP e Xe -HPG estarão disponíveis em 2021.
Serviço
www.intel.com
 

GPU

Intel

Intel Core 11

Iris Xe MAX

microarquitetura Xe-LP

Roger Chandler

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.