book_icon

Microsoft se compromete a atingir metas de ‘zero desperdício’ até 2030

Iniciativa é parte de grande compromisso da empresa em ser Carbono Negativa no mesmo período
Microsoft se compromete a atingir metas de ‘zero desperdício’ até 2030

Comprometida em contribuir para a preservação do meio ambiente, a Microsoft anuncia hoje (05 de agosto) o objetivo de atingir zero desperdício nas operações diretas, produtos e embalagens da Microsoft até 2030. A empresa reduzirá os mesmos resíduos que gera por meio da reutilização, do reaproveitamento ou da reciclagem de sólidos, compostos, eletrônicos, construção e demolição, e resíduos perigosos. Serão criados Centros Circulares Microsoft inéditos para reutilizar e redirecionar servidores e hardware em nossos datacenters. Também eliminará plásticos descartáveis de embalagens e usará tecnologias para melhorar o controle de resíduos. Além disso, serão feitos novos investimentos nos fundos da Closed Loop Partners e os próprios funcionários serão orientados para reduzir seus volumes de resíduos.

Este trabalho tem como base as iniciativas contínuas de redução de resíduos que tiveram início em 2008 e resultaram nas certificações de zero desperdício do Puget Sound Campus e datacenters em Boydton, Virgínia e Dublin, Irlanda

Com as ações, é esperado que até 2030, pelo menos, 90% dos resíduos sólidos sejam destinados a aterros sanitários e incineração dos campus e datacenters da empresa, que a fabricação dos dispositivos Surface seja 100% reciclável, uso de embalagens 100% recicláveis (em países incluídos na OECD, Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e que seja atingido, no mínimo, 75% de desvio de resíduos de construção e demolição para todos os projetos. Este trabalho tem como base as iniciativas contínuas de redução de resíduos que tiveram início em 2008 e resultaram nas certificações de zero desperdício do Puget Sound Campus e datacenters em Boydton, Virgínia e Dublin, Irlanda.
Sabendo que todos os anos, mais de 11 bilhões de toneladas de resíduos são produzidos em todo o mundo, de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, essa iniciativa é a terceira arrancada da Microsoft na ampla iniciativa de sustentabilidade ambiental da companhia, lançada no início deste ano, e que tem como foco carbono, água, ecossistemas e resíduos – na qual nos comprometemos a ser Carbono Negativa até 2030. Estamos estabelecendo metas ambiciosas para cada um desses itens e incentivando nossos clientes a fazerem o mesmo por meio de tecnologias e do nosso aprendizado.
 

Carbono Negativa

Centros Circulares Microsoft

fundos da Closed Loop Partners

metas de ‘zero desperdício’ até 2030

Microsoft

Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento