book_icon

Soluções tecnológicas têm papel relevante no combate à pandemia

Para disseminar as boas práticas, fundamentais para a contenção da Covid-19, especialista da Huawei destaca o uso da Inteligência Artificial para agilizar o diagnóstico, em solução já implementada no Brasil
Soluções tecnológicas têm papel relevante no combate à pandemia

Inúmeras soluções tecnológicas estão diretamente ligadas e outras complementam, porém, contribuem de forma vital para o combate à pandemia do novo Coronavírus. No momento atual enfrentado por todas as nações do planeta, é necessária toda colaboração para a contenção e prevenção da transmissão da Covid-19 e suas consequências.
Compartilhar e difundir iniciativas e informações é de fundamental importância, para que as boas experiências possam gerar ideias, em todo o mundo, no combate à pandemia. A demanda pelas soluções de Inteligência Artificial e de Nuvem aumentaram, assim como a aceleração da implementação de redes 5G.

Os resultados são obtidos em até seis vezes mais rapidamente, com análise completa apenas 30 segundos após o resultado obtido pelos computadores. Esta solução já está implementada e sendo utilizada no Brasil pelo Instituto de Radiologia – InRad e pelo InovaHC
São inúmeras iniciativas, soluções e produtos que já estão em uso na China e em outros países, inclusive no Brasil, com a IA entrando forte nessa seara.
“Diante de um fato destas proporções, é preciso haver colaboração entre empresas, governos e sociedade para que se evite a disseminação da doença e na sua prevenção, por meio de formas e barreiras físicas de contágio”, diz Simon Tsang, consultor sênior da Huawei.
Hoje, a Inteligência Artificial se faz presente nos testes, monitoramento, interpretação rápida e eficiente de dados e nos diagnósticos. Com sua aplicação, resultados são obtidos em até seis vezes mais rapidamente, com análise completa apenas 30 segundos após o resultado obtido pelos computadores. Esta solução já está implementada e sendo utilizada no Brasil pelo Instituto de Radiologia – InRad e pelo InovaHC, ambos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Quinta geração
A tecnologia de conexão 5G também foi usada na China para a colaboração entre médicos. Distantes 700 km, especialistas realizaram procedimentos de diagnósticos e cirúrgicos, maximizando os recursos técnicos para salvar vidas.
Drones
No controle do trânsito de pessoas entre as cidades, os drones podem ser usados para alertar a população dos protocolos de saúde, assim como monitorar tráfego e até serem usados para esterilizar áreas. Em aeroportos, scanners podem medir a temperatura corpórea e identificar possíveis sintomas, além de apontar transeuntes que não estão usando máscara – tanto para a produção de estatísticas quando para que autoridades alertem para o protocolo correto.
É essencial manter o isolamento social e permanecer o máximo possível nas residências. “A tecnologia também está sendo importante nestes quesitos, já que muitas atividades laborais e de lazer acontecem dentro das casas”, conclui Tsang.
Serviço
www.huawei.com
 

5G

combate Covid

Faculdade de Medicina

Hospital das Clínicas

Huawei

InovaHc

InRad

Instituto de Radiologia

Inteligência Artificial

Nuvem

Redes

Simon Tsang

Universidade de São Paulo

USP

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento