Carreira

Startup SC é exemplo de como mentorias e workshops auxiliam positivamente os novos empreendedores

Programa de capacitação para startups oferece três módulos com diferentes temas, desde marketing digital até capital de risco e gestão de produtos

Abrir as portas das empresas ou oferecer mentorias gera compartilhamento de conhecimentos e reinvenção do ecossistema, proporcionando retorno à sociedade. O setor de tecnologia de Santa Catarina é exemplo disso: com três dos principais polos do país — Florianópolis, Joinville e Blumenau —, o estado conta com aceleradoras, incubadoras, fundos de investimento, investidores-anjo, entre outros atores que proporcionam a interação entre quem está começando agora e empreendedores já consolidados.

O Startup SC, do Sebrae/SC, por exemplo, é um programa de capacitação no qual 50 startups são selecionadas para cada turma, que durante um período de cinco meses participam de uma série de workshops e sessões de mentoria, ministrados por especialistas e empresários de sucesso. O objetivo final do programa é deixar a startup estruturada, pronta para crescer. Ter um mentor, por exemplo, pode mudar a forma como uma empresa vê e vive a sua jornada empreendedora.

O programa de capacitação do Startup SC tem duração de cinco meses e é dividido em três módulos de conteúdos, com seis workshops nos dois primeiros e cinco no terceiro módulo 

“O programa Startup SC foi essencial na trajetória da Conaz. Participamos da 6ª turma em 2016, ano em que a Conaz estava validando o product market fit, crescendo equipe, e preparando sua primeira rodada de investimento para desenvolver o sistema de cotações e compras. Portanto todo o conhecimento complementar proporcionado semanalmente nos encontros aos sábados, foram estratégicos para capacitar os fundadores para crescer a startup e superar os desafios”, explica Renan Lacheta, CEO da Conaz, plataforma de cotações e compras de materiais de construção para construtoras e incorporadoras.

“Comparo o programa a uma pós-graduação em conceitos que envolvem um startup business. O Sebrae trouxe referências em Vendas, Marketing, Financeiro, Pessoas, Investimento, Jurídico,a lista é grande! Isso fez muito a diferença para a Conaz, encurtou o caminho compartilhando experiências e conhecimento com pessoas que estavam degraus, lances de escada a frente. Considero o Sebrae/SC um dos grandes parceiros da Conaz nesses quase três anos e meio de trajetória”, finaliza Lacheta.

Alexandre Souza, gestor da iniciativa, explica que as mentorias e os workshops oferecidos pelo Startup SC auxiliam na resolução dos desafios dos iniciantes e proporcionam aumento de performance, maximizando o potencial dos mentorados. “Os mentores dividem suas experiências com os novos empreendedores, podendo evitar, por exemplo, erros cometidos no passado pelos próprios mentores”, explica.
“As startups que chegam ao nosso programa apresentam falta de recursos, de conhecimento de mercado, conhecimento raso em finanças e marketing, etc. Nossa função é auxiliá-las a encontrar o melhor caminho e capacitar os empreendedores com o que há de mais atual no mercado da tecnologia, deixando-os prontos para seguir com um negócio consistente”, finaliza Souza.

Mentorias e workshops oferecidos
O programa de capacitação do Startup SC tem duração de cinco meses e é dividido em três módulos de conteúdos, com seis workshops nos dois primeiros e cinco no terceiro módulo. Na primeira etapa existe a reunião de kick off, e Workshops sobre Customer Development, OKRs, Gestão de Pessoas e Aspectos Jurídicos.

No segundo módulo, são oferecidos workshops sobre Marketing Digital, Gestão de Produtos, UX e Design Interação, Vendas e Inside Sales, Customer Success e Projeções Financeiras. No terceiro, os workshops são sobre Valuation, Growth Hacking, Capital de Risco, Pitch + Storytelling e Workshop Last Day. Maiores informações sobre os workshops e os dias de realização em cada cidade podem ser acompanhados no calendário.

As mentorias do programa são individuais, Alexandre Souza explica que é realizado um diagnóstico de cada iniciativa, em que as dificuldades são percebidas. Após esse diagnóstico, as mentorias ocorrem de acordo com as necessidades de cada startup. Nesta edição, Yuri Gitahy, especialista em gestão estratégica, realiza as mentorias individuais.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório