book_icon

Ebitda da Sonda aumenta 15,3% no primeiro trimestre de 2019

A receita aumentou 5,4% em peso chileno, em relação ao primeiro trimestre de 2018, impulsionado pelo Chile (5,6%), México (9,5%) e Opla (18,3%)
Ebitda da Sonda aumenta 15,3% no primeiro trimestre de 2019

A Sonda, companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, anuncia seus resultados referentes ao primeiro trimestre de 2019. A empresa registrou uma receita consolidada de US$ 287,5 milhões, Ebitda de US$ 29,9 milhões e lucro líquido de US$ 7,0 milhões.

O Ebitda consolidado aumentou 15,3% no trimestre, explicado principalmente pelo Brasil, que registrou alta de 137,2%, refletindo uma tendência de crescimento e melhoras operacionais desde 2018, em conjunto com o México, que registrou 266,9%.

No Brasil, a geração de negócios cresceu 14,3%, em relação a 2018, quando analisada em reais. Os acordos comerciais fechados no Brasil representaram 46% do total de toda a companhia, no primeiro trimestre 

A margem Ebitda do período foi de 10,4%, representando maior rentabilidade, de 90 pontos base (pb), em relação ao mesmo trimestre de 2018. O Brasil destacou-se registrando melhoras sequenciais nas margens em relação ao ano anterior. O primeiro trimestre de 2019 manteve a tendência positiva de 2018, com aceleração na expansão das margens melhorando 380 pb no período. Já a margem Ebitda da operação no México apresentou expansão de 950 pb.

Em termos comerciais, a geração de negócios atingiu US$ 311 milhões durante o primeiro trimestre de 2019, explicado principalmente pelo crescimento de 22,7% registrado no Chile. No Brasil, a geração de negócios cresceu 14,3%, em relação a 2018, quando analisada em reais. Os acordos comerciais fechados no Brasil representaram 46% do total de toda a companhia, no primeiro trimestre.
As novas oportunidades de negócios (pipeline) alcançaram US$ 3,6 bilhões, aumentando 11% em relação ao valor registrado no final de 2018. Destaca-se o crescimento de 20% em novas oportunidades de negócios no Brasil e 212% no México.

“Começamos 2019 com crescimento de receitas e melhorias significativas nos resultados, nos principais mercados da empresa”, afirmou o CEO da Sonda, Raúl Véjar. Ele também destacou que, “durante este ano, trabalharemos na execução do nosso Plano Estratégico, que representa um enorme desafio, com o qual estamos comprometidos com entusiasmo. Mesmo quando os resultados do primeiro trimestre são melhores do que os registrados no mesmo período de 2018, vemos grandes oportunidades de continuar avançando no que propusemos e continuaremos melhorando trimestre após trimestre, durante 2019.”

A Sonda, empresa latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, com receita de US$ 1,152 bilhão em 2018 e 17 mil funcionários. A companhia tem presença direta na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Panamá, Peru e Uruguai.

No Brasil, a Sonda mantém escritórios próprios nos 26 estados brasileiros, com mais de 8 mil colaboradores e 700 clientes. A empresa conta com 6 Centros de Serviços, 1 Centro de Inovação e 3 Data Centers. A receita da companhia no Brasil em 2018 foi de US$ 329 milhões.

Serviço
www.sonda.com/br

companhia latino-americana

Ebitda

Raúl Véjar

soluções e serviços de tecnologia

Sonda

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento