Informe aqui

DOT digital group traça estratégia rumo à internacionalização

Empresa quer crescer 44% em 2019, cria uma joint venture em Portugal e negocia entrada num dos mercados que mais cresce no mundo, o asiático

Referência em educação digital, o DOT digital group projeta crescimento de 44% neste ano e faturamento de R$ 60 milhões. Para alcançar a meta, o grupo aposta no avanço de suas estratégias de internacionalização. Recentemente, a empresa oficializou a criação de uma joint venture na Europa, em Portugal, em parceria com a Vantagem+, um dos maiores players de treinamento corporativo no país. Em 2019, a empresa também quer levar sua tecnologia para outros continentes, especialmente Ásia. Há negociações avançadas para entrar nos mercados da China, Cingapura e região.

“Temos duas décadas de experiência no Brasil, uma carteira de clientes renomados e mais de 5 milhões de pessoas capacitadas. Estamos prontos para levar nosso conhecimento em EdTech ao mercado internacional”, afirma Luiz Alberto Ferla, fundador e CEO do DOT. O objetivo é duplicar o número em cinco anos, meta apoiada no crescimento mundial do mercado de EdTech. O empresário vê 2019 como o ano da retomada. “A volta do crescimento econômico, mesmo que gradual, favorecerá a geração de empregos e o fortalecimento das empresas. Acreditamos firmemente que novos tempos se aproximam, propiciando maiores investimentos em tecnologia, inovação e educação para melhorar a competitividade das nossas empresas e do País”.

A empresa oficializou a criação de uma joint venture em Portugal, em parceria com a Vantagem+, um dos maiores players de treinamento corporativo

Em 2018, o DOT conquistou grandes clientes como Santander, Sicoob, C&A, Engie Energia, Natura, Algar Tech, Honda, Tokio Marine. O grupo também lançou duas plataformas de EdTech no ano passado: o Pronto Mobile, ferramenta para estudo via celular ou tablet com conteúdos curtos e objetivos; e StudiOn, plataforma de aprendizagem modular, ideal para empresas com projetos de formação continuada.

Tendências – o potencial de crescimento do mercado de educação digital é gigante em todo o mundo. No mundo corporativo, a capacitação de colaboradores exige cada vez mais o desenvolvimento de plataformas tecnológicas. Em 2019, experiências imersivas proporcionadas pela Realidade Aumentada e Realidade Virtual continuarão em alta, assim como o Game Thinking, conceito de tecnologia que traz o lúdico e trabalha aspectos como colaboração, competição, superação e recompensa. Outras tendências fortes são o Microlearning e o Mobile Learning, conteúdos apresentados em “pílulas” de aprendizado via celular.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório