Mercado

Após processo com a EQT, Suse anuncia a criação da empresa open source independente

Organização traz novos executivos para garantir sucesso contínuo e crescimento como uma provedora de soluções de entrega de aplicativos e infraestrutura definida por software

A Suse, pioneira em software open source, anunciou hoje a criação da empresa open source independente, após a conclusão da aquisição da empresa pelo grupo de investimentos sueco EQT. A Suse pertencia anteriormente ao grupo Micro Focus. Com a dinâmica atual, expansão do portfólio e execução bem-sucedida no mercado, a Suse eleva seu status e patamar como um negócio autônomo.

Com um posicionamento melhor e independente, a empresa estará ainda mais concentrada nas necessidades dos clientes e parceiros como uma fornecedora de soluções de entrega de aplicativos e infraestrutura definida por software de nível enterprise, que permitem workloads de clientes em qualquer lugar – on premise, híbrido e multi-cloud –, com serviço, valor e flexibilidade excepcionais.

Novidades no C-level
A Suse expandiu sua equipe executiva, adicionando novas funções de liderança e agregando experiência, com o objetivo de impulsionar sua continuidade no próximo estágio de desenvolvimento corporativo. Todos eles se reportarão diretamente ao CEO da Suse, Nils Brauckmann.

Enrica Angelone foi nomeada para o novo cargo de diretora financeira – CFO; Sander Huyts é o novo diretor de operações – COO;
Thomas Di Giacomo, ex-diretor de tecnologia – CTO, é agora presidente de Engenharia, Produto e Inovação. “As atuais tendências de TI deixam claro que o código aberto tornou-se mais importante na empresa do que nunca”, afirma Brauckmann. “Atingimos o status mais alto como uma empresa open source verdadeiramente independente. Nossas soluções genuinamente abertas, práticas comerciais flexíveis, o fato de não sermos um vendor lock-in – conhecido como o chamado ‘aprisionamento tecnológico’, quando os fornecedores apenas liberam seus clientes da ‘dependência de suas soluções e seus produtos’, mediante custos elevados, e nossos serviços são críticos para clientes e parceiros”.

“Nossa independência, aliada à capacidade de atender consistentemente às demandas de mercado, cria um ciclo de sucesso, dinâmica e crescimento que permite que a Suse continue oferecendo a inovação que os clientes precisam para alcançar suas metas de transformação digital e realizar o gerenciamento de workload híbrido e multi-cloud”, complementa o CEO da Suse.

Momento de mercado
A transição da Suse vem em momento oportuno, uma vez que os containers estão possibilitando novos níveis de agilidade, enquanto a necessidade de transformação digital baseada em infraestrutura definida por software e tecnologias de entrega de aplicativos está crescendo. Sua herança em software open source, marca forte e variedade de soluções inovadoras, incluindo o gerenciamento de containers, capitaliza a atual dinâmica de mercado. O apoio da EQT e o status independente da Suse permitirão a expansão contínua da empresa, à medida que a inovação avançada impulsiona o crescimento no core business da Suse, bem como nas tecnologias emergentes, tanto organicamente quanto por meio de possíveis aquisições complementares.

“O ‘retorno’ da Suse ao papel de uma empresa independente vem em um ponto crucial do setor. O software open source é hoje a maneira favorita para construir novas soluções e é insubstituível como a base para a maioria dos serviços de nuvem pública. Sendo uma das maiores empresas do setor, a independência da Suse beneficiará os clientes à medida que a empresa aproveita sua herança de excelência técnica, parcerias orientadas por valor e engajamento da comunidade para oferecer soluções tecnológicas oportunas ao mercado”, relata Al Gillen, vice-presidente de Desenvolvimento de Software e Open Source da IDC.

A equipe de liderança expandida da Suse, comandada por Brauckmann, aproveitará o rápido crescimento dos últimos oito anos, à medida que a empresa continua a fornecer soluções e desenvolver inovações com base nas necessidades atuais e futuras do mercado. Assim como há mais de 25 anos, a Suse permanece comprometida com um modelo de negócios e desenvolvimento open source. Participa também ativamente de comunidades e projetos com o intuito de levar inovação às empresas por meio de soluções de alta qualidade, confiáveis e utilizáveis.

A filosofia da Suse
Esse modelo verdadeiramente “open, open source” refere-se à flexibilidade e liberdade de escolha oferecidas aos clientes e parceiros para criar as melhores soluções que combinam as tecnologias Suse com outros produtos e tecnologias em seu cenário de TI, por meio de padrões abertos e em diferentes níveis. Essa filosofia está inserida na raiz e na cultura da empresa, algo que a diferencia no mercado e que tem sido fundamental para seu sucesso.

“A presença de mercado da Suse, forte liderança, foco no sucesso do cliente e capacidade de alinhar parcerias foram e continuarão sendo cruciais, à medida que a Suse entra nessa próxima fase de sua evolução. Está no lugar certo, na hora certa, com os recursos certos para ajudar a transformar a forma como as organizações em todo o mundo fazem negócios”, conta Johannes Reichel, sócio da EQT.

Como um parceiro confiável e independente para a transformação digital corporativa, a Suse fornece soluções, suporte e serviços por meio de uma organização multinacional e um ecossistema de parceiros qualificado e habilitado, sustentado por tecnologias corporativas seguras. A Suse está atualmente envolvida em mais de 100 projetos open source, apoiados por funcionários em todo o mundo.

A Suse, pioneira em software open source, fornece soluções confiáveis e interoperáveis de Linux, infraestrutura de nuvem e armazenamento que dão às empresas maior controle e flexibilidade. Com mais de 25 anos de excelência em engenharia, um serviço excepcional e um ecossistema de parceiros sem igual, a Suse fornece produtos e suporte que ajudam os clientes a gerenciar a complexidade, reduzir custos e fornecer serviços essenciais com confiança.

Serviço
www.suse.com/pt-br/
www.eqtpartners.com

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório