book_icon

Polishop é a primeira no Brasil a usar o AMP Stories para promover produtos

O formato, que surgiu no aplicativo de mensagens Snapchat, passou a ser largamente utilizado por veículos de imprensa pelo mundo
Polishop é a primeira no Brasil a usar o AMP Stories para promover produtos

A Polishop é a primeira empresa no Brasil a usar comercialmente o AMP Stories, novo formato para apresentação de conteúdos de forma interativa e imersiva em smartphones. O formato, que surgiu no aplicativo de mensagens Snapchat, passou a ser largamente utilizado por veículos de imprensa pelo mundo, como CNN, Wired, Mashable e a revista People. O projeto AMP, iniciativa de código aberto da qual o Google faz parte, criou o formato AMP Stories em fevereiro de 2018.

A empresa decidiu usar o formato AMP Stories após participar em junho de 2018 de um hackathon com a equipe de engenharia do Google, quando recebeu suporte para fazer a implementação da tecnologia. O produto escolhido para fazer a primeira experiência com o AMP Stories é a Turbofryer, que frita os alimentos sem usar óleo e ainda remove o excesso de gordura.

“Buscamos sempre melhorar a experiência dos consumidores que usam os meios digitais, o que se soma à natureza da Polishop, que vende um benefício contando histórias”, diz João Appolinário, fundador e presidente da Polishop.

Rapidamente, a empresa se tornou omnicanal, garantindo aos clientes uma experiência completa de compra, seja on-line, a partir de um computador ou dispositivo móvel, por telefone, em uma loja física ou pelas redes sociais 

A tendência é que a Polishop expanda a oferta dessa experiência para todos os seus cerca de 700 produtos, convertendo as páginas de vitrine para AMP Stories. Desta maneira, será possível contar a história de cada produto de uma maneira mais interativa e instigante para o consumidor.

“O AMP Stories combina o poder do carregamento quase que instantaneamente ao AMP – Accelerated Mobile Pages,  com um visual interativo e imersivo no smartphone que até então era controverso, uma vez que são arquivos bem mais pesados do que somente imagem ou textos”, diz Rodrigo Baroni, especialista de produto do Google Brasil. “O formato vai evoluir e ganhará maior adoção e alcance em breve”.

Além do AMP Stories, a Polishop vem usando também o PWA – Progressive Web App, um padrão para sites que oferece funcionalidades de aplicativos nativos. Hoje em dia, os navegadores estão mais modernos e muitos dos recursos que só estavam presentes em aplicativos agora estão disponíveis também para os sites. Assim, é possível ter em um site a experiência que antes estava restrita a um aplicativo, sem obrigar o usuário a baixar um arquivo antes de ter o primeiro contato com a marca.

“A combinação de AMP com PWA é muito pertinente, uma vez que o carregamento é mais rápido, o que melhora a experiência dos consumidores. E, depois do primeiro acesso, o site com funcionalidades de aplicativos também melhora o engajamento. É o melhor de dois mundos”, afirma Baroni, do Google.

No início das suas operações, em 1999, a Polishop vendia produtos pela televisão, já acreditando que o futuro do varejo seria atender o consumidor onde quer que ele estivesse. Rapidamente, a empresa se tornou omnicanal, garantindo aos clientes uma experiência completa de compra, seja on-line a partir de um computador ou dispositivo móvel, por telefone, em uma loja física ou pelas redes sociais. “Poder entregar uma experiência de aplicativo on demand, é uma grande virada”, reforça Appolinário.

Accelerated Mobile Pages

AMP Stories

Google Brasil

Hackathon

João Appolinário

Omnicanal

on demand

Polishop

Progressive Web App

PWA

Rodrigo Baroni

Turbofryer

Comentários

  1. Douglas Schmidt

    Olá equipe Inforchannel. Têm por acaso o link pra essa amp-story?

    Aproveitando: Sou CEO da Magtab, uma Startup com ferramentas para Marketing e temos um app novo pronto para usar que facilita – e muito – a criação de amp-stories: EasyStories.com.br

    Pra quem têm interesse, o teste é gratuito.
    Ótimo post, abraços!

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento