book_icon

Análise de negócios Ágil para garantir competitividade

A Cinq Technologies apresenta três inputs sobre análise de negócios
Análise de negócios Ágil para garantir competitividade

Em um mundo em que a velocidade da mudança está cada vez mais rápida, em que os clientes estão cada vez mais exigentes, informados e hiperconectados, é estratégico para as empresas e pessoas garantirem competitividade, de modo a cuidar dos negócios para torna-los viáveis dia a dia. Confira:

1. As palavras do futuro são ecossistema, abundância, valor para as pessoas, trabalho por paixão, negócios ágeis e digitais, CXD (Client Experience Design). Ou seja, é necessário prover experiências únicas para as pessoas e a chave para fazer isso acontecer na prática é a união de viabilidade, factibilidade e desejabilidade, para construção de soluções originais e relevantes para o usuário final.

2. O entendimento do negócio deve ser de toda equipe do projeto. Neste ínterim, a sugestão é trabalhar com equipes multidisciplinares (squads) que perpassem juntas as fases de imersão, análise, ideação e experimentação. Afinal, o papel do Analista de Negócios, PO (Product Owner), Desenvolvedores etc., não é ser tomador de pedidos e, sim, experts de valor do domínio de negócio do cliente. Para isso, é importante ter a criticidade que transcende a compreensão do problema e produto/ serviço desejado pelo cliente e por meio de perguntas (técnica de coaching) e da vivência do negócio, gerar dimensionamentos, desenvolvimentos e entregas surpreendentes.

3. As práticas de Design Thinking e Agile Scrum devem caminhar em paralelo e tornam-se cada mais vez mais cruciais para o trabalho do Analista de Negócios Ágil. Este trabalho em conjunto envolve criação de personas, jornada do usuário, touchpoints (pontos de contato do usuário), jobs to be done (trabalho a ser feito), épicos, user stories e as etapas do Agile Scrum – do backlog product até a done increment.

Por fim, percebe-se que transformação digital e agilidade tratam-se de mindset e é necessário que toda a organização, tanto as áreas core quanto as de apoio, abracem a mudança de mentalidade para renovação e melhoria contínua da empresa.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.