book_icon

Reis Office impulsiona outsourcing de impressão via canal

Companhia mira oferta de outsourcing de impressão e GED para PMEs

Em 2018, a Reis Office investiu cerca de R$ 2 milhões para aperfeiçoar hardware e software. O objetivo foi impulsionar a unidade de outsourcing de impressão. O esforço tem como meta também aumentar a parcela de venda e manutenção dos projetos dessa unidade via parceiros. Segundo Rodrigo Reis, gerente comercial da companhia, a intenção é crescer 10% em faturamento na unidade.

Além do investimento em infra, a companhia pretende aumentar seu corpo técnico regional para ter suporte local

A grande oportunidade, explica Reis, está centrada na oferta de sistemas para workflow de documentos feita no modelo de receita recorrente. “O mercado entendeu a importância da digitalização. Percebemos um volume menor de impressão e um crescimento no uso de documentos digitais. O controle desses documentos é essencial”.

Aliada a oferta de outsourcing, a Reis Office procura também atender a demanda de GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos) oferecendo um software desenvolvido internamente na companhia, o Follow Me, que entre outras coisas usa tecnologia de RFID. “As PMEs estão na fase de aquisição dessa solução. A maioria delas ainda não tem GED”, pontua o executivo. A Reis Office possui cerca de 2,1 mil clientes de outsourcing e vislumbra mais oportunidades em verticais como saúde, educação indústria e logística.

Além do investimento em infra, a companhia pretende aumentar seu corpo técnico regional para ter suporte local. Reis explica que a companhia possui mais de 3mil parceiros habilitados e atualmente a possui pessoas especializadas em Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Joinville. A intenção é, em 2019, ter mais uma no Recife e em Fortaleza.

Além desta unidade, a operação da companhia é formada também pela unidade de distribuição que vende para as mais de 2 mil revendas ativas produtos de impressão de seus parceiros fabricantes. Com 280 funcionários e mais de 30 anos de operação, a Reis Office fatura R$ 150 milhões por ano.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.