book_icon

Softplan aposta nas contribuições da tecnologia para a área da saúde

Nesta semana, o diretor Moacir Marafon debaterá como medicina e tecnologia podem se unir

A Softplan está investindo em aplicações que possam aprimorar o setor de saúde. Nesta semana, o diretor executivo da Softplan Moacir Marafon vai expor como a medicina e a tecnologia podem se unir para o desenvolvimento da saúde e da sociedade. A palestra ocorrerá durante evento da Associação Catarinense de Medicina, no próximo dia 19, em Florianópolis. Na ocasião, Marafon vai destacar o que levou a empresa, referência no país no desenvolvimento de softwares, a apostar na saúde. Também serão apresentados os dois principais lançamentos da empresa da área: o Hubmedi.co e o Dictas.

O Hubmedi.co é um marketplace de radiologia que conecta clínicas e hospitais a uma rede de radiologistas, visando à maior eficiência operacional dos diagnósticos. Na prática, com o Hubmedi.co, o centro de diagnóstico faz o exame de imagem, como tomografia computadorizada, ressonância magnética e raio-x, e disponibiliza na plataforma. O laudo é feito por médicos radiologistas especializados que estiverem disponíveis para atender a demanda, em qualquer localidade. A solução facilita o processo e permite o trabalho de especialistas sem restrições geográficas. Para os pacientes, então, a solução garante um atendimento de radiologistas especializados de maneira mais ágil, enquanto para os médicos, a plataforma significa a ampliação do campo de atuação e aumenta a possibilidade de retorno das atividades. A tecnologia está de acordo com a resolução normativa do Conselho Nacional de Medicina, que regulamenta a telerradiologia.

A Softplan também lançou nacionalmente no mês passado o Dictas, software que utiliza inteligência artificial para otimizar os custos das operadoras de saúde e aumentar a eficácia dos serviços, ampliando os benefícios aos seus assistidos. Utilizado pela Unimed Florianópolis e pela Unimed Caçador, o Dictas possibilita o acesso a diversos painéis de indicadores, usando tecnologias de machine learning, bigdata e advanced analytics, além de inteligência artificial. A solução facilita a tomada de decisões e promove uma gestão estratégica, detectando gastos que são desnecessários e que não beneficiam os assistidos pelos planos. Para dar uma ideia, de acordo com a Associação Médica Americana e com o Instituto de Estudos de Saúde Complementar, de 20 a 30% dos gastos de saúde acabam sendo desperdiçados. São exames que nunca são buscados, consultas que não são eficazes por não serem na especialidade correta, entre outras situações. O Dictas faz um mapeamento dessas informações e recomenda ações de gestão, tornando os serviços mais eficazes.

Sobre a Softplan

A Softplan é uma das maiores empresas de software do país, com cerca de 1,7 mil colaboradores. Atua há 27 anos no desenvolvimento de softwares de gestão empresarial e gestão pública. Desenvolve soluções corporativas para segmentos específicos de negócios, com foco nas seguintes áreas de atuação: indústria das construção; administração pública; projetos cofinanciados por organismos internacionais; departamento de infraestrutura, transportes e obras; Tribunais de justiça, Ministérios Públicos, Procuradorias, escritórios de advocacia e saúde. Suas soluções já estão presentes em todos os estados brasileiros, em países da América Latina e nos Estados Unidos.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento