book_icon

Scopus apresenta no Ciab FEBRABAN solução IoT com foco na proteção digital de cargas e pessoas

A Scopus vai apresentar no Ciab FEBRABAN 2018, que se realiza na próxima semana (de 12 a 14 de junho), em São Paulo, uma solução inovadora voltada à proteção de cargas preciosas, pessoas e patrimônio. A novidade é um dos resultados do Programa de Residência de Software, mantido pela empresa em parceria com a Escola Politécnica da USP – e que será tema de palestra da Scopus no Congresso do Ciab, que acontece em paralelo à exposição.

“Trata-se de uma solução de proteção digital baseada no conceito de Internet das Coisas (IoT)”, afirma Reginaldo Arakaki, responsável pela área de Inovação da Scopus. “Funciona como antídoto contra blindagem eletrônica (jammer), um recurso que os sequestradores de cargas e pessoas geralmente utilizam para bloquear o sinal GPS do celular, impedindo sua localização”, explica.

Para isso, a solução da Scopus utiliza inteligência de localização, sensores inerciais e redes ad hoc, entre outros recursos, que permitem rastrear o veículo – ou pessoa – mesmo com o GPS bloqueado. Quando isso ocorre, um dispositivo instalado no veículo é ativado e passa a coletar os sinais de sensores para um algoritmo que, com base em informações como direção e velocidade, calcula sua posição. A informação é transmitida assim que uma comunicação possa ser estabelecida por uma rede ad hoc – ou uma outra conexão.

A solução foi desenvolvida por alunos do último ano do curso de Engenharia de Computação da Poli-USP, que participaram da edição 2017 do Programa de Residência de Software, em conjunto com engenheiros de IoT da área de inovação da Scopus. Ao todo, oito projetos foram desenvolvidos na última edição desse programa, envolvendo 28 estudantes dos cursos de Engenharia da Computação e de Automação e Controle da Poli. O Programa de Residência de Software será apresentado na palestra de Reginaldo Arakaki com o tema Modelos de Inovação e Crowdsourcing, programada para o dia 13/06, às 14 horas, na Arena F5.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.