book_icon

Dynatrace lança OneAgent Operator para aprimorar a automação de ambientes com a plataforma Red Hat OpenShift Container

Empresa está entre os primeiros parceiros da Red Hat a integrar com o Operator

A Dynatrace, empresa líder em inteligência de software, anuncia o lançamento do OneAgent Operator, um conjunto de processos especializados que são executados em cada host monitorado para coletar métricas de negócios e performance. Como um dos primeiros parceiros da Red Hat a integrar com o Operator Framework, os administradores poderão automatizar o gerenciamento, as atualizações e a instalação do OneAgent em seus ambientes Red Hat OpenShift Container.

Ao utilizar o OneAgent Operator da Dynatrace, os clientes poderão automaticamente gerenciar a instalação da tecnologia em nós específicos e realizar atualizações, assim que estiverem disponíveis. “O OneAgent da Dynatrace automatiza o monitoramento de aplicações altamente escaláveis para as aplicações exclusivas de nossos clientes, independentemente dos serviços e processos que estão em execução. Ao automatizar as tarefas envolvidas em manter a performance máxima do OneAgent, estamos dando mais um passo em direção à nossa visão de TI totalmente autônoma”, diz Franz Karlsberger, Diretor Global de Alianças e Ecossistemas de Tecnologia Estratégica da Dynatrace.

O Operator da Red Hat é um projeto de código aberto que fornece ao desenvolvedor ferramentas de Kubernetes de tempo de execução, acelerando o desenvolvimento de um Operador – um método de empacotamento, implantação e gerenciamento de uma aplicação de Kubernetes.

Com esse lançamento, a Dynatrace se une à Red Hat e seus parceiros para capacitar o gerenciamento automatizado da Red Hat OpenShift. “Com o poder dos Operators de Kubernetes, os ISVs dentro do ecossistema da Red Hat, como a Dynatrace – que foi desenvolvido para o monitoramento em nuvem – podem automatizar seus serviços em escala em um ambiente Red Hat OpenShift. Já os Operators são criados para permitir que o OpenShift seja uma arquitetura prioritária para os ISVs e para que a manutenção, flexibilidade e atualização de soluções em OpenShift sejam tão simples quanto em nuvem pública”, afirma Chris Morgan, Diretor Técnico Global, Ecossistema OpenShift, da Red Hat.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento