Mercado

Provedores de Tecnologia criam associação para crédito consignado

ACREDICON nasce com propósito de fomentar projetos para a promoção do crescimento sustentável do mercado

Nos últimos anos o mercado de crédito consignado tem impulsionado o surgimento de novos modelos de negócio, novos players e novas tecnologias. Ao longo do crescimento desse mercado, diferentes modelos de atuação e contratação têm gerado dificuldades para quem contrata e para quem é contratado. Isso se reflete em custos e taxas mais altas para quem mais precisa da consignação em folha: os Servidores Públicos, Aposentados e Colaboradores das empresas.

 Serão promovidos debates que visarão, por exemplo, criar regras que melhorem as regulamentações do setor

Zetra, Quantum, Fácil Soluções e CONSIGNET, integrante do grupo DB1 Global Software, se uniram para a criação da ACREDCON, associação que nasce com o propósito de representar os provedores de tecnologia e serviços para crédito consignado e convênios, com o objetivo de tornar o mercado brasileiro mais sustentável no que diz respeito a esses serviços, tanto para as empresas como para os clientes.

Com sede em São Paulo, a ideia é tornar o mercado de processamento de margem mais seguro para as empresas, incentivando melhores oportunidades para os tomadores de crédito. Para isso, serão promovidos debates que visarão, por exemplo, criar regras que melhorem as regulamentações do setor.

Projetos como a realização de pesquisas e estudos de novas tecnologias, trabalhos de educação financeira, código de ética, dentre outras ações, também estão entre as prioridades da associação, que, como as demais instituições do tipo, ainda atuará na defesa dos interesses de seus associados.

A criação é um marco histórico, pois traz também a oportunidade de resolver problemas comuns entre as empresas e o mercado. Juntas, elas terão mais força para definir valores, criar regras em áreas como compliance e entrar em discussões junto ao Banco Central e outras instituições financeiras de relevância.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.