Canal de Distribuição

Depois de um ano de operação conjunta, Dell EMC quer fortalecer canais no Brasil

Recuperação econômica e demanda por atualização de parque instalado tem puxado crescimento local e exigido mais capilaridade da fabricante

A jornada pela transformação digital nas empresas, para a Dell EMC, não acontece no Brasil sem a ajuda dos canais da companhia. Há quase um ano de operação conjunta, a companhia anuncia que o time de parceiros cumpriu a meta estipulada para o ano inteiro no 1º semestre de 2017. “Isso mostra que a integração foi muito bem recebida”, destaca Luis Gonçalves, vice-presidente de commercial da Dell EMC Brasil.

“Hoje a transformação digital é prioridade tanto para o CIO como para as áreas de negócios e para o CEO”, Luis Gonçalves

Ao fazer um balanço da operação, Marius Haas, presidente e diretor global da Dell EMC, destaca o papel que o Brasil tem na estratégia da companhia e aponta que, passados cinco anos de um mercado local reprimido, o momento é favorável por conta do reinvestimento das empresas o que permitirá dobrar a receita local da Dell EMC. Para isso, a empresa avalia expandir ainda mais a base de canais, principalmente do 1º tier.

Com grande parte de sua oferta voltada ao mercado de médias empresas, a Dell viu sua presença aumentar nas grandes empresas depois da integração com a EMC. “A força das duas marcas juntas trouxe mais oportunidades”, afirma Giampaolo Michelucci, presidente da Dell EMC Brasil Enterprise.

Além de governo, segundo os executivos, o principal drive que puxará a transformação digital no Brasil é a pressão dos usuários por experiências, mas o legado de muitas empresas locais composto por uma infraestrutura robusta e novos concorrentes que estão surgindo são os principais desafios para este mercado. “Muitas empresas, em momento de crise, deixaram de investir em legado, o que esticou a vida útil dos parques. O momento agora é de retomada”, pontua Gonçalves.

Uma aposta da companhia é a venda de soluções empacotadas de hiperconvergência. Segundo Raymundo Peixoto, vice-presidente de vendas de soluções de servidores e redes da Dell EMC América Latina, a oferta dá velocidade para empresas entrarem em ambientes digitais. No mundo, segundo ele, esse tipo de oferta já existe há 2 anos, e vem crescendo a taxas de três dígitos.

A demanda pelo grande volume da solução fez com que a multinacional avaliasse a fabricação local, na planta em Hortolândia (SP), dos equipamentos VxRail. Embora não haja data para a iniciativa, Peixoto adiantou que a produção deve começar entre o fim deste ano e o início de 2018.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.