book_icon

Confira as 5 palavras-chave mais caras para anúncios pagos no Brasil

Levantamento feito pela SEMrush mostra que “lei de franquia” é a palavra-chave mais pesquisada nas ferramentas de busca no País
Confira as 5 palavras-chave mais caras para anúncios pagos no Brasil

A publicidade online é a área mais estratégica para alavancar as vendas de qualquer negócio. A SEMrush, empresa mundial de marketing digital, fez um levantamento através das ferramentas de busca na internet para identificar as palavras-chaves mais caras e que tornam o tráfego mais relevante para empresas que pretendem investir em campanhas no Google Adwords ou em anúncios pagos na internet.

O Brasil tem as palavras-chave mais caras da América Latina, com US$ 78,10 por clique, seguido do Peru, com US$ 48,52 por clique

A pesquisa foi realizada entre dezembro de 2016 e abril de 2017, na América Latina, México e Espanha. No Brasil, a SEMrush identificou que “lei de franquia” lidera a lista das palavras-chaves mais caras, com custo de US$179,55 por clique.

No segundo lugar do ranking está “umbunto”, com custo de US$112,33 por clique. O fato curioso desta palavra é que, nos buscadores, os usuários da internet a digitam errado. O correto seria “Ubuntu” – um sistema operacional de código aberto, construído a partir do núcleo Linux.

A palavra-chave que ocupa o terceiro lugar é “nuvem negra”, com o valor de US$107,47 por clique. Em quarto lugar está “mydlink log in”, com o custo de US$102,89 por clique. Essa palavra-chave tem relação com o sistema da D-Link, empresa que fabrica equipamentos de tecnologia da informação para pessoas e empresas. Já o quinto lugar do ranking é ocupado pela palavra-chave “web app fut”, com custo de US$81,52 por clique.

A nível de curiosidade, as palavras-chaves mais pesquisadas em todos os países são: “software”, em primeiro lugar com 21,9%, seguida de “educação, com 10,8%, “lazer”, com 10,4% e “web”, com 8,9%. A palavra-chave “financeiro” está no quinto lugar do ranking, com 4,5% das buscas, seguida do sexto lugar, “saúde e beleza”, com 3,7%. No sétimo lugar, curiosamente, está “marketing”, com apenas 3%.

Outro ponto interessante é que o Brasil tem as palavras-chave mais caras da América Latina, com US$ 78,10 por clique, seguido do Peru, com US$ 48,52 por clique. Seguido do Chile com US$ 44,19, por clique. O Brasil perde apenas para o México, situado na América do Norte, com valor médio de US$ 81,02, por clique.

“Para promover uma campanha de Google Adwords, por exemplo, você precisa determinar quais são as palavras-chaves mais relevantes em anúncios pagos. O preço de cada palavra-chave pode variar muito, dependendo da relevância e nível de concorrência. Por isso, ficamos surpresos ao identificar quais são as palavras-chave mais caras da América Latina e a quais setores pertencem. Esse tipo de levantamento torna os negócios mais estratégicos para as empresas que investem nos meios digitais para alavancar vendas, afirma Maria Chizhikova Marques, coordenadora de Comunicação da SEMrush.

Confira a lista de palavras-chave mais caras no Brasil:

Posição Palavra-chave   Valor

1º           lei de franquia  US$179,55

2º           umbunto            US$112,33

3º           nuvem negra    US$107,47

4º           mydlink log in    US$102,89

Adwords

Gestão

publicidade online

SEMrush

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.