Destaque Mercado

Zoho abre escritório no Brasil

Para 2020 a meta é conquistar 10 mil novos clientes no País para sua plataforma de gerenciamento de negócios

Campinas, no interior paulista, foi a cidade escolhida para a Zoho montar sua sede no Brasil. Com o mote ‘O trabalho da sua vida, apoiado pelo nosso’, a desenvolvedora de software, oferece um pacote de soluções para gerenciamento empresarial que promete organizar todo o negócio e, também, que inclui sistema operacional e uma plataforma de e-commerce. Ao todo são 45 programas e aplicativos, entre eles, vendas, marketing, suporte, CRM, e-mail, colaboração, apresentação, módulos de contabilidade, finanças, recursos humanos.

“Apresenta como diferencial o fato de ser uma plataforma integrada, com tantas ferramentas, que pode ser adquirida por partes e conversar com outros concorrentes”, destaca Raju Vegesna, evangelista-chefe da empresa e responsável pela operação na América Latina.

Tática adotada: grátis para até cinco usuários e preço muito competitivo – US$ 1 por usuário, além da facilidade de uso e interoperabilidade

Os números da empresa impressionam, assim como acontece com muitos dados de seu país de origem, a Índia, que tem a segunda maior população mundial, com quase 1,4 bilhão de pessoas.

Em média, neste ano, a Zoho contabilizou em todo o mundo 1 milhão de novos clientes ao mês e estima fechar 2019 com 100 mil novos clientes. Hoje são 50 milhões de usuários no mundo em 3,5 mil empresas. No Brasil, em 2018 conquistou cinco mil novos clientes via parceiros, de acordo com dados fornecidos pelo evangelista-chefe da empresa.

Esse volume pode ser explicado pela tática adotada: grátis para até cinco usuários e preço muito competitivo – US$ 1 por usuário, além da facilidade de uso e interoperabilidade, já que seus módulos conversam com soluções de concorrentes como Microsoft, Salesforce e SAP. “Podemos oferecer toda a plataforma por US$ 30 ao mês”, conta o executivo.

O número de usuários cresce mais rápido do que a própria empresa. “Clientes começam a adotar nossa solução e depois nós chegamos no país”. Porém, a companhia não fala diretamente com esses consumidores, que fazem a aquisição online, mas direciona esforços para compras corporativas, via revendas.

Para Vegesna, a empresa será disruptiva também quanto ao modelo de formação do canal de distribuição. “Queremos empresas que pensem diferente, que pensem em dias e horas, mesmo para projetos longos e não mais em meses e anos”. Ele informa ser de menos de uma semana a implementação de um produto da plataforma que aglutina 45 softwares e que inclui uma plataforma de e-commerce, também integrada com outros fornecedores, como mencionado.

Hoje, em todo território nacional já possui 80 empresas para a venda de seus produtos, sendo que antes de ter presença oficial, mantinha no Brasil 10 parceiros.

Investimentos
Como preparação para a vinda, a Zoho realizou investimentos em treinamento de parceiros, tradução e adaptação do site, que já pode ser acessado em Português e agora, em 2019, investiu na abertura do escritório e na contratação de funcionários. “Serão 10 pessoas até o final deste ano e, para 2020 esperamos 10 mil novos clientes no Brasil”, afirma Vegesna.

No dia três de outubro realizou um evento para divulgar a marca para atuais e potenciais clientes locais, onde reuniu 60 parceiros, sendo que parte deles foi aos Estados Unidos participar de treinamentos.

Em setembro último, lançou no Brasil a nova geração do Zoho One, sistema operacional para empresas, ampliado com gerenciamento de fluxo de trabalho comercial, recursos de automação de processos, telefonia, login único e blockchain, além de provisionamento pelo marketplace.

Com sete mil funcionários no mundo, tem sede internacional em Chennai, na Índia e base em Pleasanton, Califórnia, Estados Unidos e escritórios em Austin (EUA), Utrecht (Holanda), Cingapura, Dubai (Emirados Árabes Unidos), Cidade do México (México), Yokohama (Japão) e Pequim (China).

Serviço
www.zoho.com

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos