Destaque Mercado

Webmotors reduz custos em US$100 mil anuais

Claranet faz a sustentação do ambiente AWS e tem contrato renovado ano após ano

Confiança se conquista. No mundo dos negócios quando contratos entre cliente e prestador de serviços se renovam ano após ano, é um dos sinais de que essa relação está consolidada. Isso aconteceu entre a Webmotors, plataforma de compra e venda de veículos que tem como acionistas o Santander (70%) e a Carsales (30%), e a Claranet, provedor de serviços gerenciados.

O mais recente contrato entre as empresas foi assinado em setembro de 2019, sendo que o primeiro da série foi firmado em maio de 2014 e, desde então, renovados por períodos que variam de um a dois anos. O objeto foi a sustentação 24×7, contratada para o projeto de migração de uma infraestrutura on premise para a nuvem AWS, do front-end ao backoffice, efetuado há cinco anos.

 A parceria com a Claranet é essencial para que a Webmotors consiga focar no desenvolvimento de novos produtos, negócios e na evolução da aplicação  

“A parceria com a Claranet é essencial para que a Webmotors consiga focar no desenvolvimento de novos produtos, negócios e na evolução da aplicação”, ressalta Vagner Santana, coordenador de TI e Infraestrutura da Webmotors.

Outro indício de que a parceria deu certo é o fato de que a infraestrutura está evoluindo para um ambiente multicloud e as equipes de arquitetura das empresas estão, juntas, alinhando a estratégia. De acordo com o cliente, a Claranet possui um time técnico maduro, com múltiplos conhecimentos, que os ajuda na evolução e implementação de novos projetos. “Por conta da criticidade de nosso negócio, temos um SLA agressivo contratado com o parceiro, cujo tempo mínimo é de 15 minutos e máximo de uma hora”, diz Santana.

Dentro desse contexto, a missão da Claranet é, além da sustentação, monitorar e manter o ambiente disponível e seguro. “Isso dá condições de suportar o aumento no número de usuários e os picos em determinados períodos do e-commerce automotivo”, explica Luiz Pessol, arquiteto de soluções da Claranet.

Claranet oferece consultoria e sugestões estratégicas, além de ser responsável pelo acompanhamento e amadurecimento das aplicações como um todo. “Com nosso conhecimento no mercado de cloud, contribuímos para a jornada da Webmotors pela inovação tecnológica”, destaca Pessol.

Resultados
O cliente conta com ferramentas de monitoramento que ajudam a identificar e a corrigir problemas. Isto permitiu à Webmotors evoluir em termos de infraestrutura, performance e custos. No primeiro mês da migração para AWS houve aumento de 45% na performance e disponibilidade do site.

A plataforma obteve, aproximadamente, US$ 100 mil de economia em infraestrutura e deve-se a um trabalho realizado em conjunto com a Claranet. “Analisamos o consumo de cada recurso da infraestrutura da AWS, como CPU, memória, disco, rede e fizemos um re-sizing de servidores de produção”, descreve Santana. Ele informa que a Webmotors fez a compra de instâncias reservadas e para workloads de processamento batch e passou a utilizar instâncias spot.

Em relação ao ambiente de homologação, também foi realizado um re-sizing e um script foi implementado para o desligamento do ambiente durante a noite e finais de semana.

A migração
Foi em 2013 que a Webmotors começou a considerar a migração para nuvem. “No início da nossa jornada para cloud, os principais serviços que utilizávamos eram EC2, RDS e S3”, conta Santana. A aplicação rodava em uma arquitetura estática, com pouco uso dos benefícios da cloud computing, como AutoScaling, CDN e Elastic Cache. Desde então, o time técnico de ambas empresas vêm trabalhando em conjunto na evolução da aplicação. “Hoje nossa arquitetura é altamente disponível, escalável, modular, segura e 100% serverless”, conclui.

A migração integral foi finalizada em maio de 2014 e, como descrito, foi seguida pelas etapas de sustentação e otimização do ambiente na nuvem.

Com a proposta de seguir em constante ampliação em termos de arquitetura, custos e performance a Webmotors quer continuar com a Claranet como principal parceiro nesta jornada. Santana adianta que há outro grande projeto em desenvolvimento, que ainda não pode divulgar, mas que visa a evoluir ainda mais a aplicação, alinhada ao crescimento do negócio.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos